Benefícios da dança na terceira idade

Para Participar

29/04/2022

A dança é uma atividade física que pode trazer vários benefícios para a terceira idade. Conheça os ritmos que ajudam a promover a saúde e o bem-estar dos idosos.

4 min de leitura

Benefícios da dança na terceira idade

O exercício é importante em todas as fases da vida, mas, em relação aos idosos, pode contribuir significativamente para o aumento da qualidade de vida, melhorando o equilíbrio. Dentre os inúmeros exercícios físicos que trazem essas (e outras) vantagens, está a dança.

A dança pode ser uma boa escolha porque, de verdade, quem quer que o exercício pareça um trabalho penoso? Se você não tem o hábito de se exercitar, considere a dança como uma opção melhor para se tornar uma pessoa mais ativa!

Cheia de ritmos, passos e movimentos, a dança pode ser uma ótima opção para as pessoas mais velhas se sentirem mais fortes, saudáveis e felizes.

Neste post, destacamos o que torna a dança benéfica e única, além de indicarmos alguns estilos populares de dança para idosos a ser considerados e como usá-los visando promover saúde e bem-estar. Venha conferir!

Exercício físico na terceira idade: por que é tão importante?

Antes de mais nada, vamos falar sobre a importância do exercício físico para idosos.

A prática de exercícios regulares propicia benefícios à saúde, ao bem-estar e à qualidade de vida de pessoas de todas as idades. Na população idosa, porém, os exercícios podem trazer uma série de novos benefícios para o corpo e a mente.

Exercícios físicos na terceira idade também ajudam a diminuir a velocidade das alterações que ocorrem no organismo nessa fase da vida, além de oferecer mais bem-estar ao idoso no dia a dia. Assim, uma pessoa dessa faixa etária mais ativa não só envelhece melhor, como também pode ser mais feliz e disposta.

Dentre os diversos benefícios do exercício físico na terceira idade, podemos destacar, por exemplo:

  • Melhor condicionamento físico, mobilidade e equilíbrio.
  • Mais força para o corpo, de modo geral.
  • Mais disposição e melhor qualidade do sono.

Todas essas vantagens são obtidas por exercícios diferentes, que podem ir do mais simples, como uma caminhada, até uma sessão de dança, que geralmente oferece ainda mais benefícios.

Vantagens da dança para a terceira idade

Enfatizamos que a dança traz benefícios diversos para idosos que a praticam. Ao contrário de outros exercícios, focados em aprimorar a capacidade muscular ou a mobilidade, esse tipo de movimento ritmado do corpo pode atingir várias áreas de uma vez só. Ainda que a dança para idosos não exija esforços intensos, ela trabalha o equilíbrio, a amplitude de movimento, a coordenação motora.

Afora disso, por meio de grupos de dança, a população idosa tem a oportunidade de refletir em conjunto sobre o processo de envelhecimento, tornando-se um espaço para troca de experiências, conhecimento e reconhecimento.

O outro benefício de participar de atividades que envolvam dança relaciona-se a estar em grupo, favorecendo a promoção da qualidade de vida, pela criação de vínculos e ampliação da socialização da população idosa.

Ritmos de dança para idosos: quais são os mais indicados?

Benefícios da dança na terceira idade

Tendo conhecimento das vantagens da dança para idosos, resta saber: quais ritmos e estilos funcionam melhor para essa população?

Veja agora alguns ritmos de dança associados mais facilmente à prática por pessoas da terceira idade:

Forró para idosos

O forró é um ritmo tipicamente brasileiro, mais popular nas regiões Nordeste e Norte do Brasil, mas conhecido por todo o país. Marcado pela movimentação constante do corpo, o forró é uma boa opção para incentivar os idosos a praticar atividades físicas frequentemente.

Além de ter movimentos que trabalham todo o corpo, esse ritmo funciona como solução para evitar abandonos da atividade grupal, que muitas vezes são comuns na terceira idade.

Dança de salão

A dança de salão é uma atividade física capaz de proporcionar mudanças positivas em idosos. Dançar ao som desse ritmo pode contribuir para a melhora do equilíbrio e da autonomia funcional, ao deslocar e distribuir o peso do corpo por meio dos movimentos para frente e para trás.

Estudos conduzidos sobre a dança de salão para idosos mostra esse ritmo como boa opção de exercício físico, visto que ele auxilia no bem-estar mental, emocional e físico do idoso.

Zumba

O que acontece quando um programa de condicionamento físico combina dança e música com exercícios? É aí que surge a zumba.

Esse ritmo dançante se dá ao som de uma música mais rápida e animada. É o treino ideal para idosos, pois eles se exercitam com os parceiros e queimam centenas de calorias sem perceber.

O foco vai muito além da perda de peso. Um dos principais benefícios da zumba é que você experimenta um treino de corpo inteiro. Uma sessão regular desse ritmo geralmente inclui muitos movimentos de ombros, estocadas, elevação de braço junto com os movimentos de dança enérgicos.

Precauções antes de iniciar a atividade física

Toda e qualquer atividade física deve considerar o aquecimento para diminuir os riscos de lesão e aumentar o fluxo sanguíneo, além de exercícios de alongamento e de mobilidade das articulações.

Por fim, a atividade de dança também precisa ser praticada com intensidade moderada a fim de que o esforço não seja prejudicial ao idoso.

Para saber mais sobre como a dança e outras atividades físicas voltadas a idosos podem ser conduzidas, leia também nosso artigo com dicas para manter corpo e mente saudáveis na terceira idade.

Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×

Comentários