Como prevenir acidentes com objetos perfurocortantes?

Saúde no Trabalho

24/05/2021

Agulhas, bisturis, tesouras e outros objetos perfurocortantes fazem parte da rotina de trabalho de profissionais da saúde. Aprenda a evitar acidentes com esse tipo de material e cuide-se!

3 min de leitura

Compartilhar

Como prevenir acidentes com objetos perfurocortantes?

Sem sombra de dúvidas, o trabalho é uma parte essencial das nossas vidas. Além de ser uma ferramenta para a autossuficiência financeira, é uma forma de satisfação pessoal e de expressarmos nossas habilidades.

Entretanto, o automatismo pode fazer com que deixemos alguns cuidados importantes de lado. É o caso de quem atua com objetos perfurocortantes — que, independentemente do ramo, requerem medidas de proteção individuais e coletivas para evitar acidentes.

Para os profissionais da saúde, esse cuidado deve ser redobrado. Isso porque eles estão em contato com itens que podem ser perigosos para a saúde. Se descartados incorretamente, os materiais perfurocortantes, representam diversos riscos.

Pensando nisso, esse post traz algumas orientações para quem precisa lidar com esses objetos no trabalho. Continue lendo e garanta mais segurança na sua rotina!

Objetos perfurocortantes e a saúde no trabalho

Os materiais perfurocortantes, que, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), compreendem quaisquer dispositivos ou objetos com cantos, bordas, pontos ou protuberâncias rígidas e agudas capazes de cortar ou perfurar, como, por exemplo: agulhas, escalpes, ampolas de vidro, lâminas de bisturi, lancetas, espátulas e outros similares, são extremamente necessários para muitas atividades laborais.

O objeto perfurocortante quando em contato com sangue, secreções e fluidos orgânicos pode representar riscos à saúde do trabalhador, da população e do meio ambiente pois pode ser veículo de contaminação de doenças transmitidas através desses materiais biológicos.

Portanto, é preciso usá-los com atenção, pois a manipulação e o descarte inadequado podem ocasionar acidentes com potencial de contaminação.

Acidentes com perfurocortantes: como prevenir?

A prevenção de acidentes com perfurocortantes deve ser realizada com cuidado constante. É necessário manter a segurança em todas as etapas até que o material perfurocortante seja eliminado.

  • Faça o uso dos equipamentos de proteção individual (EPIs) de maneira correta de acordo com a recomendação para cada procedimento.
  • Não utilize os dedos como anteparo durante a realização de procedimentos que envolvam materiais perfurocortantes.
  • Nunca reencape e faça a desconexão manual de agulhas.
  • Sempre efetue o acionamento e de forma correta dos dispositivos de segurança quando presentes nos materiais perfurocortantes.
  • A hora do trabalho não é um momento para distrações. Tenha o máximo de atenção durante a realização do procedimento com perfurocortantes. Mantenha um ambiente organizado e evite as brincadeiras.
  • Lembre-se: manter o cartão de vacinas atualizado é a primeira forma de prevenção de contaminação.

Descarte de perfurocortantes: como deve ser feito?

De acordo com as orientações da Anvisa, os materiais perfurocortantes devem ser descartados separadamente, no local de sua geração, imediatamente após o uso em recipientes rígidos, resistentes à punctura, ruptura e vazamento, com tampa e devidamente identificados, acrescido da inscrição “perfurocortante” e dos riscos adicionais quando houver, como químico ou radiológico.

Quanto ao recipiente correto

A caixa coletora de perfurocortantes garante a eficiência do descarte e a confiabilidade do recipiente. Mas, atenção:

  • Certifique-se da montagem correta da caixa de perfurocortantes.
  • Esses recipientes só devem ser preenchidos até os 2/3 de sua capacidade ou quando o nível de preenchimento ficar a 5 cm de distância do bocal e devem ser colocados sempre próximos do local onde é realizado o procedimento.
  • As caixas devem ser mantidas em suporte exclusivo e em altura que permita a visualização da abertura para descarte.
  • É expressamente proibido o esvaziamento desses recipientes para o seu reaproveitamento.
  • Para o acondicionamento da caixa de perfurocortantes, é necessário o prévio e correto lacramento, que deverá ser feito por pessoas capacitadas. O descarte é comumente efetuado em postos de saúde e hospitais, mas também pode ser terceirizado.
Atenção: caso ocorra algum acidente de trabalho com perfurocortantes, informe imediatamente a seu superior.

A importância da vacinação

A vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção contra doenças que podem ser transmitidas em acidentes com objetos perfurocortantes. As vacinas atuam na defesa do organismo contra agentes infecciosos e bacterianos capazes de provocar vários tipos de doenças que podem afetar seriamente a saúde.

Você, trabalhador, precisa de segurança na hora de exercer sua função, e isso inclui garantir imunização contra doenças.

O Programa de Imunização Ocupacional procura atender a Política Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde no que concerne a manter eliminadas ou sob controle as doenças imunopreveníveis no âmbito do ambiente de trabalho.

É importante estar em dia com sua saúde, portanto, fique de olho e esteja com o seu cartão vacinal atualizado.

Saiba mais sobre segurança no trabalho

A prevenção de acidentes com perfurocortantes é apenas um dos muitos cuidados que devemos ter na rotina de trabalho. Pensando nisso, a Unimed-BH elaborou uma cartilha com as principais orientações de segurança no trabalho. Quer conferir as dicas? Clique aqui, acesse e mantenha-se protegido!

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não

    Nos ajude a melhorar nosso conteúdo!
    ×
    Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

    Comentários

    error: © Copyright Unimed-BH 2021