Saúde do homem: cuidado preventivo e qualidade de vida

Qualidade de Vida

01/03/2021

A saúde do homem é um assunto que merece destaque! Confira dicas e orientações para se cuidar de forma preventiva e manter uma vida com bem-estar e sem doenças.

5 min de leitura

Compartilhar

Saúde do homem: cuidado preventivo e qualidade de vida

A saúde masculina é, muitas vezes, um tabu. O cuidado contínuo e a prevenção são temas que podem ser polêmicos para muitos homens, entretanto falar sobre isso é fundamental. A falta de diálogo e atenção sobre a saúde do homem pode ser extremamente prejudicial no futuro; por isso a conscientização é primordial. Conversar com os homens da família, seja com os mais velhos, seja com os mais novos, é um passo importante para a mudança desse comportamento prejudicial, mas, ao mesmo tempo, tão recorrente.

Os dados são alarmantes: de acordo com o Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo, cerca de 70% das pessoas do sexo masculino procuram atendimento médico a partir de orientações de amigos e familiares, principalmente esposa e filhos. Essas visitas, que muitas vezes são tardias, quando ocorrem, podem identificar doenças já em estado avançado, dificultando o tratamento e levando a consequências mais graves. Com um acompanhamento de rotina e atenção a fatores de risco, essa realidade pode ser diferente.

Saúde do homem – Ministério da Saúde

Uma das medidas de saúde do homem, do Ministério da Saúde, para reforçar a importância de valorizar e falar sobre a saúde masculina, é a adoção da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH).

Política de saúde do homem

Com a política de saúde do homem, ou Política Nacional de Atenção Integral da Saúde do Homem (PNAISH), o Ministério da Saúde tem o objetivo de promover ações para ampliar e melhorar o acesso de pessoas do sexo masculino aos serviços de saúde, sobretudo homens adultos, entre 20 e 59 anos. A PNAISH aborda 5 eixos de trabalho principais:

  • Acesso e Acolhimento – Tem o objetivo de levar os homens para os espaços de saúde e fazê-los reconhecer a necessidade de cuidados com a própria saúde.
  • Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva – Tem o objetivo de sensibilizar todo o público e reconhecer os homens como sujeitos de direitos sexuais e reprodutivos, bem como envolvê-los em ações voltadas para esse tema.
  • Paternidade e Cuidado – Tem o objetivo de orientar e envolver homens na fase da gestação e no acompanhamento dos cuidados com os filhos, tornando-os sujeitos participativos e com vínculos saudáveis com a família.
  • Doenças prevalentes na população masculina – Tem o objetivo de fornecer assistência básica no que diz respeito a homens e saúde e atuar de forma a enfrentar fatores de risco das doenças e dos agravos à saúde.
  • Prevenção de Violências e Acidentes – Tem o objetivo de conscientizar a população masculina sobre a relação do gênero com acidentes e violência urbana em geral e promover a sensibilização sobre os problemas envolvidos nessa relação.

Por meio da PNAISH, o Ministério da Saúde visa promover a popularização dos temas ligados à saúde masculina e desmistificar a relação homem e saúde como medida preventiva para os principais problemas de saúde do homem.

Principais problemas da saúde masculina

Muitas vezes, a saúde masculina é vista como motivo de polêmica. Exames e consultas preventivas são deixados de lado; e sintomas que podem significar problemas maiores na saúde do homem são ignorados. Esses fatores, associados a hábitos nocivos para a saúde, como uso excessivo de álcool e tabaco e falta da prática de exercícios físicos, podem ser a receita para quadros de saúde graves e a descoberta de doenças em estágios avançados.

De acordo com o Ministério da Saúde, em média, homens vivem cerca de sete anos a menos do que mulheres. Essa diferença se deve à combinação de comportamentos prejudiciais à saúde masculina. Mas isso pode ser evitado com a mudança de hábitos no dia a dia e o acompanhamento médico adequado. É fundamental ficar atento principalmente às doenças mais recorrentes na população masculina.

Doenças cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são um grande problema da saúde masculina e o maior motivo de óbito no Brasil. Trata-se de um grupo de doenças que atingem o coração e/ou os vasos sanguíneos. Entre elas, se destacam: infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca e acidente vascular cerebral. A hipertensão, a obesidade, o sedentarismo e o tabagismo são os principais fatores de risco, e a população masculina é a mais afetada pelo problema. Além disso, homens costumam ser diagnosticados com problemas cardíacos até 10 anos mais cedo que as mulheres; mais um reflexo da falta de rotinas de prevenção.

Câncer de próstata

O câncer de próstata é a multiplicação desordenada das células dessa glândula que integra o sistema reprodutor masculino. É um dos problemas de saúde masculina mais comuns e preocupantes no Brasil, sendo o segundo tipo de câncer mais diagnosticado entre homens no país. O exame de toque retal é a medida preventiva mais eficaz para diagnosticar precocemente a doença, que só apresenta sintomas em estágios já avançados. Trata-se de um tabu que precisa ser quebrado em nome da saúde masculina.

Doenças alcoólicas

As doenças relacionadas ao uso excessivo de álcool também são uma preocupação para a saúde do homem. A Coordenação Nacional de Saúde dos Homens estima que a fibrose, a cirrose hepática e a pancreatite aguda estão entre as doenças mais diagnosticadas em homens de 20 a 59 anos. A prevenção consiste em um hábito simples: o uso moderado ou a interrupção do consumo de bebidas alcoólicas.

Câncer de pulmão

A recorrência do diagnóstico de câncer de pulmão em homens é muito maior do que em mulheres: por anos, o número de casos em homens é maior que o dobro em relação a pessoas do sexo feminino. Em cerca de 90% dos casos, ele é consequência do tabagismo ou da excessiva exposição passiva ao tabaco. Ele pode ser detectado precocemente por meio de exames radiológicos de rotina. Quanto mais cedo descoberto, mais eficaz é o tratamento.

Prevenção e saúde do homem

A combinação de fatores de risco com a falta de hábitos saudáveis e a falta de acompanhamento médico adequado pode ser prejudicial para a saúde masculina. Os problemas da saúde do homem podem ser diagnosticados precocemente e tratados com a devida atenção e calma; basta quebrar o tabu da relação entre homem e saúde. Para garantir um futuro com qualidade de vida e bem-estar, é preciso estar atento à prevenção e saúde do homem, além de se cuidar e mudar a forma de olhar para si mesmo.

Mude os hábitos do dia a dia

Uma alimentação saudável, com refeições balanceadas e em horários definidos, faz toda a diferença. Incluir frutas, cereais e hortaliças no prato também. E a hidratação deve ser constante: ao menos 2 litros de água por dia.

Alimentos gordurosos são prejudiciais para a saúde vascular; por isso devem ser consumidos moderadamente ou, de preferência, evitados. O mesmo vale para o excesso de sal, bebidas alcoólicas e tabaco. Doces, bolos e alimentos ricos em açúcar também devem ser consumidos com moderação.

A prática de atividade física é fundamental para a saúde do homem. Reduz o risco de doenças cardíacas e dá mais disposição para encarar os desafios do dia a dia. O ideal é manter uma rotina com ao menos 30 minutos de exercícios por dia. Manter-se ativo nas tarefas diárias da casa, usar escadas e optar por caminhadas em distâncias curtas também é uma forma de se exercitar.

Mantenha os exames em dia

Consultas e exames laboratoriais devem fazer parte da rotina da saúde masculina e não somente em casos de sintomas de doenças. Esse comportamento é prejudicial e pode fazer com que problemas sejam detectados apenas em fases mais avançadas, dificultando o tratamento. Por isso, converse com o seu médico sobre seu histórico clínico e mantenha seu checkup atualizado. Detectar precocemente doenças como hipertensão, Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), diabetes, entre outras comorbidades, é decisivo para o sucesso do tratamento.

Cuide da sua saúde mental

Ter um momento para relaxar também é importante para a saúde do homem. Cuidar da mente é tão importante quanto cuidar do corpo, e esse equilíbrio também é fundamental para evitar o desenvolvimento de doenças físicas e mentais. A saúde masculina deve levar em consideração cuidados preventivos e acompanhamento médico de rotina. Com atenção e sem tabu, fica muito mais fácil levar uma vida saudável, com qualidade e bem-estar.

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não

    Nos ajude a melhorar nosso conteúdo!
    ×
    Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

    Comentários

    error: © Copyright Unimed-BH 2021