Primeira menstruação: como identificar os sintomas da menarca

Prevenção e Controle

26/11/2021

A puberdade, período de grandes transformações, traz para as meninas um desafio a mais: a primeira menstruação. Entenda melhor sobre esse acontecimento natural na vida de toda menina.

4 min de leitura

Primeira menstruação: como identificar os sintomas da menarca

A primeira menstruação é um momento comum a todas as mulheres. Por isso, o assunto deve ser tratado com naturalidade. Afinal, toda menina passa por isso durante a puberdade.

O tema já foi tabu no passado, tratado como um “segredo” ou alvo de constrangimento. Felizmente, esse entendimento se tornou obsoleto e o preconceito sobre a menstruação encontra cada vez mais dificuldades para sobreviver nos dias de hoje.

A verdade é que quanto mais transparência e informação houver antes da menarca, mais fácil e leve será essa fase transitória da vida. Por isso, neste artigo, trazemos as principais informações sobre o assunto e te ajudamos a identificar os sinais da primeira menstruação.

Primeira menstruação: tudo o que você precisa saber e conversar

Se você se deparou com uma calcinha suja de sangue de coloração amarronzada nas roupas da sua filha, provavelmente se lembrou da sua primeira menstruação. É essa a aparência do início do primeiro ciclo menstrual da maioria das meninas na puberdade.

É possível que, naquela época, você tenha sentido vergonha. E na época da sua mãe e da sua avó, talvez, elas nem sabiam ao certo do que se tratava. A boa notícia é que as novas gerações não precisam mais passar por isso.

Hoje, o conhecimento sobre o assunto é muito mais acessível, de forma que a primeira menstruação não deve ser um episódio traumático na vida de ninguém. Mulheres menstruam e todas elas têm uma primeira vez.

Como se chama?

A primeira menstruação também é conhecida como menarca. Ela marca uma fase importante da puberdade e a maturidade dos órgãos reprodutores.

Mas isso não significa que uma adolescente que ainda dá seus primeiros passos após a infância, esteja preparada para uma gravidez.

Por isso, conversar com os filhos sobre sexualidade é fundamental para o desenvolvimento e amadurecimento saudável durante esta fase.

Com que idade acontece?

Geralmente, a menarca chega entre os 10 e 15 anos de idade. Não há data certa para este evento, uma vez que cada corpo tem o seu próprio tempo de evolução e amadurecimento.

Além disso, há alguns fatores que podem contribuir para a primeira menstruação mais cedo, ou mais tarde, dentro dessa faixa etária. O histórico menstrual das mulheres da família, alterações hormonais e até hábitos alimentares são alguns exemplos.

No entanto, quando a menarca chega cedo demais, antes dos 8 anos de idade, é sinal de alerta. A chamada menarca precoce, geralmente, acompanha a puberdade precoce, fase em que outras alterações ocorrem no corpo da menina, como o crescimento dos seios e dos pelos pubianos.

Um estudo do Ministério da Saúde feito em 2017, revela que a puberdade precoce é mais frequente em meninas, do que em meninos. Quando isso acontece, é preciso consultar um pediatra, que irá encaminhar o tratamento correto para cada caso.

Esclarecimento necessário na infância ou pré-adolescência

Para orientar e avaliar crianças e pré-adolescentes que estão passando pela puberdade, o profissional mais indicado é o pediatra. Caso ocorra a primeira menstruação, a menina deve fazer a sua primeira visita ao ginecologista e, a partir dali, consultar periodicamente.

É fundamental que este acompanhamento ocorra para orientar a garota quanto a sua primeira menstruação e, posteriormente, introduzir as informações e recomendações sobre métodos contraceptivos femininos.

Mas para além da clínica médica, é importante ter um ambiente acolhedor em casa. Uma conversa franca e próxima entre pais e filha, além de ajudar a estreitar os laços, também contribui para trazer mais confiança na relação.

Em uma fase cheia de emoções como a adolescência, saber que pode contar com o apoio dos pais até nas questões mais íntimas, é um alento.

Como é a primeira menstruação: dúvidas, sintomas e dicas

Entre as diversas dúvidas sobre o assunto, como é o sangue ou qual a cor da primeira menstruação são, provavelmente, as primeiras indagações. A menarca costuma ter uma coloração mais escura do que o vermelho habitual de uma menstruação regular. Nos primeiros dias da menstruação, ela pode atingir um tom marrom.

Sinais da primeira menstruação

O corpo pode apresentar alguns sintomas que antecedem a menarca, como o aumento dos seios, ganho de peso, alterações de humor devido ao efeito dos hormônios e as famosas cólicas menstruais.

Na faixa etária esperada para a primeira menstruação — entre os 10 e 15 anos — já é possível se atentar ao surgimento destes sinais.

Quanto tempo dura a primeira menstruação?

Geralmente, a menarca dura de 3 a 8 dias. Os primeiros ciclos menstruais costumam ser irregulares mas, com o passar do tempo, vão se ajustando naturalmente.

Qual o melhor absorvente para a primeira menstruação?

Há uma variedade de absorventes no mercado para diferentes tipos de fluxos menstruais. Nas primeiras menstruações, o fluxo não costuma ser intenso, logo, um absorvente descartável mais fino – além de confortável – pode ser uma boa opção.

No entanto, isso não é uma regra. Algumas meninas podem ter um fluxo maior mesmo na menarca. Uma dica é testar os vários tipos de absorventes disponíveis e ver qual deles se adapta melhor ao seu corpo e fluxo.

Há absorventes noturnos, que são maiores e ideais para conter o fluxo durante o sono, por exemplo. Outros, com o comprimento menor, são mais confortáveis para o uso no dia a dia.

Aqueles que possuem abas, para se adaptar à calcinha, são mais eficientes para conter vazamentos em fluxos intensos. Além disso, há outras opções como os absorventes descartáveis internos, absorventes de pano, calcinhas absorventes e coletor menstrual.

Com qual frequência devo trocar o absorvente?

Ele deve ser substituído, pelo menos, a cada 4 horas. Se o fluxo menstrual for muito intenso, deve ser trocado em intervalos menores. Durante o período menstrual, é preciso redobrar a atenção com a higienização das partes íntimas.

A chegada da primeira menstruação em meio à puberdade, certamente, é um momento marcante na vida de toda menina. Um indicativo de que, a partir dali, novos hábitos deverão ser adotados mensalmente, como o uso de absorventes e demais cuidados.

Com informação, apoio dos pais e visitas regulares ao ginecologista, a adaptação será tranquila. Afinal, menstruar é natural e faz parte da vida.

Para se informar sobre outros cuidados com a saúde do adolescente, além de ter acesso a dicas e orientações valiosas nessa fase da vida, acesse os conteúdos que a Unimed-BH preparou sobre essa faixa etária:

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×

Comentários