Adolescência e puberdade: saiba mais sobre essa fase de transformações

Prevenção e Controle

04/06/2021

Entender o que acontece no corpo e na mente durante a transição entre a infância e a vida adulta ajuda a tornar a missão de “crescer” menos complicada. Veja quais as principais mudanças neste processo. 

3 min de leitura

Compartilhar

Adolescência e puberdade: saiba mais sobre essa fase de transformações

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define a adolescência como sendo o período da vida que começa aos 10 anos e termina aos 19. É uma fase na qual as transformações acontecem rapidamente e exigem uma agilidade de adaptação intensa consigo mesmo, com o próximo e com o que se entende do mundo. 

O início desse período, que acontece dos 10 aos 14 anos, é chamado de pré-adolescência. Já a fase intermediária, dos 15 aos 19 anos, é tratada como a adolescência de fato. Por fim, a juventude vai dos 19 aos 24 anos. Todo esse processo de mudanças marca a transição da infância para a idade adulta

A adolescência vem acompanhada por uma série de mudanças físicas, psicológicas e sociais. Com ela, chega também a puberdade, período da vida em que o corpo e a mente passam por grandes transformações em um período relativamente curto. 

Veja as mudanças em cada aspecto da vida.

O que acontece com o corpo durante a adolescência?

Devido às alterações hormonais, a adolescência é o período da vida em que ocorrem as transformações mais aparentes no corpo. São mudanças físicas e biológicas que mantêm o adolescente em crescimento entre os 16 e os 19 anos. 

Chegada da puberdade

Nesta fase ocorre também a puberdade, que é marcada pela maturidade dos órgãos reprodutores. Seu início está relacionado a fatores genéticos, ambientais, psicológicos e também à saúde do indivíduo. 

O início da puberdade e a velocidade dos acontecimentos podem variar de acordo com cada pessoa. 

Mudanças no corpo 

Nas meninas há uma distribuição de gordura que muda o formato do corpo. Os quadris se tornam mais arredondados e a cintura mais fina. Além disso, os seios crescem, os mamilos se desenvolvem e os pelos pubianos começam a surgir. Outra mudança primordial nesse processo é a primeira menstruação, conhecida como menarca

Para os meninos, o período da puberdade é marcado por alteração do tom de voz, aumento dos pelos pubianos e crescimento do pênis e dos testículos. 

Também é comum em ambos os sexos o aumento de oleosidade na pele, favorecendo o surgimento de acne. 

Mudanças na mente

O período de transição entre a infância e a idade adulta pode acarretar alguns enfrentamentos psicológicos.

O jovem passa a lidar com a perda repentina da proteção dos pais e sente necessidade de desenvolver autonomia, construir uma identidade e reivindicar por liberdade de expressão e de sentimentos. Essas mudanças acabam gerando novas percepções e emoções

Mudanças sociais

Ao desenvolver mais a capacidade de raciocínio, o adolescente assume novas responsabilidades e papéis, tornando-se um novo ser social. Logo, seu comportamento também se altera. 

No ambiente doméstico, os momentos de lazer são substituídos por tarefas adultas. Na escola, o jovem se depara com a missão de escolher sua futura carreira. Na sociedade, ele percebe que precisa conquistar um emprego. Já nos relacionamentos, é preciso encontrar um parceiro ou uma parceira. 

Além disso, podem ocorrer grandes variações de humor devido ao aumento da produção de hormônios. 

Fatores que podem atrasar a puberdade

As alterações comuns da adolescência podem não acontecer quando a criança apresenta alguma condição que interfira direta ou indiretamente no crescimento das gônadas ou na produção dos hormônios sexuais. 

Entre as condições que atrasam a puberdade, estão as doenças genéticas, como a síndrome de Turner, e as doenças autoimunes, como a doença de Addison. Mas há, ainda, outros fatores que podem atrasar o início desse período:

  • Subnutrição
  • Diabetes Mellitus
  • Hipogonadismo

Nesses casos, o papel do clínico pediatra e endocrinologista, em conjunto com a família, é fundamental para a realização da investigação diagnóstica correta de cada condição específica. É importante também que o acompanhamento seja feito regularmente.

Fim da puberdade

Geralmente, esse momento acontece por volta dos 18 anos. É quando se percebe o fim do crescimento esquelético e o completo amadurecimento dos sistemas reprodutores feminino e masculino. 

Aprender a lidar com essa fase de transição é um desafio, tanto para os pais quanto para os filhos. Em um período de tantas transformações, o mais importante é que haja amizade, confiança, compreensão e muito diálogo no convívio familiar

Leia mais:

Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs): o que são e como prevenir

Odontologia na adolescência: saiba quais os principais cuidados com os dentes para esta etapa da vida

Volta às aulas na pandemia: recomendações de segurança

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não

    Nos ajude a melhorar nosso conteúdo!
    ×
    Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

    Comentários

    error: © Copyright Unimed-BH 2021