Leucemia em crianças e a importância do diagnóstico precoce

Prevenção e Controle

16/07/2021

Para garantir os cuidados com a saúde do seu filho ou filha, não deixe de se informar sobre a leucemia infantil, o tipo de câncer mais comum em crianças; saiba como o diagnóstico precoce pode ser determinante para a cura.

3 min de leitura

Compartilhar

Leucemia em crianças e a importância do diagnóstico precoce

No Brasil, o câncer é a maior causa de mortes por doenças entre crianças e adolescentes, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). Cerca de 12 mil novos casos são diagnosticados a cada ano em pessoas de 0 a 19 anos. Nesta faixa etária, o tipo mais comum é a leucemia infantil.

A boa notícia é que cerca de 80% das crianças e jovens acometidos pela doença, são curados com o diagnóstico precoce e tratamento adequado. Por isso, é fundamental o acompanhamento médico e a realização dos check-ups anuais para uma avaliação geral da saúde.

No dia 9 de julho, é celebrado o Dia do Oncologista e no dia 27 o Dia do Pediatra, dois profissionais essenciais na jornada de uma criança com câncer. São eles que estarão presentes em todo o tratamento, acompanhando o paciente e as famílias no caminho para a cura.

Câncer infantil: qual o principal tipo?

A leucemia é o principal tipo de câncer infantil, sendo responsável por 26% de incidência da doença na faixa etária de 0 a 19 anos. É seguido dos linfomas, com 14% de incidência e dos tumores no sistema nervoso central, com 13%, segundo o INCA.

Quando acomete crianças, a patologia se comporta de maneira diferente de quando acomete os adultos. Ela é mais invasiva e com progresso mais rápido no organismo. Por outro lado, nessa faixa etária, as chances de respostas positivas ao tratamento são maiores e, consequentemente, é maior o índice de cura.

No início, a leucemia infantil pode apresentar sintomas semelhantes à de outras doenças em crianças, por isso é importante estar atento aos sinais.

O que é leucemia?

É um acúmulo anormal de células cancerosas na medula óssea, em detrimento das células sanguíneas normais. Essas células anormais, que sofreram uma mutação genética, tendem a ser mais resistentes e se multiplicar muito mais rápido do que as saudáveis, podendo se espalhar por todo o corpo através da corrente sanguínea.

A medula óssea está localizada dentro dos ossos e é a responsável pela produção dos componentes sanguíneos. A leucemia infantil afeta a produção das células sanguíneas saudáveis e prejudica os glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo.

Há vários tipos de leucemia que se diferem pela sua evolução. Em crianças, o tipo mais comum é a Leucemia Linfóide Aguda, caracterizado pela rapidez com que as células doentes se multiplicam de forma desordenada no organismo.

O que causa leucemia infantil?

Não é possível definir uma causa específica para o surgimento da leucemia infantil, já que as células mutantes não são passadas de pais para filhos, mas é possível observar alguns fatores de risco:

  • exposição à radiação;
  • tabagismo passivo;
  • doenças no sangue, como policitemia vera;
  • doenças hereditárias, como a síndrome de Down;
  • contato com substâncias químicas como benzeno e agrotóxicos.

O tratamento depende do tipo e da evolução da leucemia no organismo e deve ser definido pelo médico junto à família. As alternativas para combater o câncer infantil englobam medicamentos, imunoterapia, radioterapia, quimioterapia, transfusão de sangue e até transplante de medula óssea.

Leucemia em crianças e a importância do diagnóstico precoce

Ao receber o diagnóstico que ninguém deseja, os pais devem se atentar aos cuidados necessários e seguir todas as orientações do profissional de saúde.

Conversar com outras famílias que também passaram pela mesma situação ou tratamento de leucemia em crianças pode ajudar a entender e se adaptar a essa realidade.

É importante ter em mente que a leucemia infantil tem altas chances de cura, sendo que 80% dos pacientes vence a doença, segundo o INCA. Por isso, o diagnóstico precoce é fundamental.

É preciso estar atento a mudanças na aparência ou comportamento da criança e reportar qualquer alteração ao pediatra.

Por meio de exames, ele irá investigar possíveis anomalias e encaminhar o paciente para o especialista recomendado para o caso, como um oncologista ou hematologista.

Sintomas de leucemia infantil

Alguns sinais podem ser semelhantes aos de outras doenças, por isso, é necessário realizar todas as consultas médicas de rotina. Anemia e dor nos ossos, por exemplo, são sintomas de leucemia infantil, além de:

  • Perda de peso inexplicável
  • Inchaço abdominal
  • Febre sem motivo aparente
  • Caroços ou inchaços
  • Hematomas ou sangramentos
  • Dores de cabeça
  • Vômito
  • Cansaço e/ou tontura

Caso seu filho apresente alguns destes indícios, informe ao médico.

Qual médico procurar?

O especialista em consultas e tratamento de câncer é o oncologista. Já o hematologista é o profissional que cuida das doenças do sangue e alterações na medula óssea, como a leucemia infantil.

O pediatra, especializado na saúde da criança, costuma ser a primeira ponta na investigação e encaminhamento em caso de suspeita de câncer. Por isso, agende consultas periódicas e informe ao médico qualquer alteração que a criança apresente.

Na Unimed-BH você pode fazer o agendamento online de consultas, uma forma prática de facilitar a sua vida na hora de marcar o atendimento médico.

Também disponibilizamos o serviço de consultas pela internet, para que você e sua família não deixem a saúde de lado durante a pandemia. Acesse o nosso conteúdo sobre o assunto e saiba mais: Consulta online Unimed-BH.

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021