Doação de leite materno: como funciona, importância e como doar

Maternidade

06/01/2022

Atualizado em 11/05/2022

A doação de leite humano pode salvar vidas. Tire todas as suas dúvidas, entenda a importância dessa prática e saiba como e onde doar.

4 min de leitura

Doação de leite materno: como funciona, importância e como doar

Você já ouviu falar na doação de leite materno? Esse ato de amor pode salvar vidas de bebês recém-nascidos, o que faz com que a prática venha ganhando o apoio de cada vez mais mamães.

Normalmente, o compartilhamento é feito por mães que têm leite em excesso. O que algumas pessoas não sabem, no entanto, é que as mulheres que não produzem grandes quantidades também podem doar, já que apenas um litro é capaz de nutrir até 10 recém-nascidos.

Apesar da importância, o assunto ainda gera muitas incertezas. A Unimed-BH preparou um artigo em que responde às perguntas mais comuns a respeito e explica como você pode ajudar a salvar uma vida.

Dia Nacional da Doação do Leite Materno

Para conscientizar a população sobre a importância da doação, foi criado o Dia Nacional da Doação do Leite Humano. Ele é celebrado no dia 19 de maio e busca sensibilizar a sociedade brasileira acerca do tema.
Por que fazer a doação de leite humano?

Na maior parte dos casos, os bebês que nascem de forma prematura ou com baixo peso não podem ser alimentados pela mãe. A doação de leite humano tem papel fundamental na recuperação desses recém-nascidos.
Dados recentes do Ministério da Saúde informam que aproximadamente 330 mil bebês nascem prematuramente, no Brasil, todos os anos.

Estou apta a doar leite materno?

Todas as mulheres que estão amamentando são possíveis doadoras de leite humano. É necessário, no entanto, ser saudável e não fazer uso de medicamentos que possam afetar a qualidade do leite.

Muitas mamães decidem não fazer a doação de leite porque acreditam não possuir uma produção suficiente, o que não é verdade. Não existe uma quantidade mínima para a doação. Além disso, quanto mais leite é retirado, mais o corpo tende a produzir.

Para se tornar uma doadora, só é necessário se dispor a fazer a ordenha e a encaminhar o leite ao órgão responsável pela distribuição.

Doação de leite materno

Como funciona a doação de leite materno?

Recém-nascidos que possuem condições ou patologias que inviabilizam a alimentação direta pela mãe recebem a doação de leite materno. Normalmente, eles estão internados com baixo peso, ou seja, com menos de 2,5kg.

É importante destacar que o leite humano doado passa por um processo rigoroso de controle de qualidade. Essa análise é regulamentada por lei, e o alimento só é distribuído depois do procedimento.

O processo é gratuito, tanto para quem doa quanto para quem recebe a doação.

Como colher e armazenar o leite humano

A mamãe que vai fazer a doação de leite materno precisa ficar atenta a alguns detalhes relacionados à higiene.
Primeiramente, lave bem as mãos e os braços com água e sabão. As mamas também precisam ser higienizadas, mas apenas com água. Antes da ordenha, mantenha as mamas secas com uma toalha limpa.

Também é indicado cobrir os cabelos com uma touca ou lenço, e a boca e o nariz, com uma máscara ou pano. O procedimento, que precisa ser feito com as mamas cheias, deve ser realizado em um local limpo e tranquilo.
No momento da coleta, é importante descartar as primeiras gotas. O leite deve ser armazenado em um frasco de vidro que tenha sido limpo e esterilizado e permanecer no freezer ou no congelador.

Importante: a doação deve ser feita em no máximo 10 dias para que o leite mantenha-se apropriado.

Ordenha de leite materno: formas de colher e armazenar

Onde doar leite materno?

Apenas em Minas Gerais existem mais de 40 unidades de coleta de leite materno. Alguns desses Bancos de Leite realizam visitas em casa para buscar a doação. Entre em contato com os postos de coleta a fim de se informar a respeito.

No momento da ligação, é importante ter em mãos seus documentos e os últimos exames realizados no pré-natal.

Postos de coleta em BH

Confira os seis Bancos de Leite e postos de colega disponíveis em Belo Horizonte:

  • Banco de Leite do Hospital Sofia Feldman
  • Banco de Leite da Maternidade Odete Valadares
  • Posto de coleta do Hospital Odilon Behrens
  • Posto de coleta do Hospital Júlia Kubitschek
  • Posto de coleta do Hospital das Clínicas
  • Posto de coleta PAM Saudade

Os benefícios do aleitamento materno

Além de auxiliar no desenvolvimento saudável dos bebês, o leite materno tem anticorpos que protegem os pequenos contra infecções e ainda colabora para reduzir o risco do desenvolvimento de doenças crônicas no futuro.

Os bebês recém-nascidos devem ser alimentados apenas com o leite materno nos primeiros seis meses de vida. Dentre os benefícios, também está o menor risco do surgimento de algumas alergias, como a da proteína do leite da vaca e a dermatite atópica.

As mamães também são beneficiadas pelo aleitamento. As mulheres que amamentam voltam mais rapidamente ao peso anterior à gravidez e tendem a ter menos sangramento depois do parto.

Conheça todos os benefícios da amamentação: Aleitamento materno exclusivo: benefícios para a mãe e o bebê

Leite materno ou fórmula?

Falamos neste artigo sobre a importância do leite materno para o bebê. Embora ele seja o ideal, considerando seus nutrientes e outros benefícios, muitas vezes a amamentação não é possível, o que obriga o pediatra a recomendar o uso de uma fórmula láctea infantil.

Existem vários tipos de fórmulas infantis, e elas não são utilizadas apenas na ausência do aleitamento materno. Em alguns casos, seu uso é necessário para complementar a alimentação do bebê.

Quando a fórmula deve ser usada? Qual a diferença entre a fórmula e o leite materno? A Unimed-BH preparou um Guia em que responde às perguntas mais comuns a respeito desse tema. Acesse aqui!

Equipe de Atenção à Saúde Unimed-BH
Conteúdo validado por Equipe de Atenção à Saúde Unimed-BH

Equipe responsável por prover conteúdos em soluções assistenciais para clientes, profissionais e prestadores da Unimed-BH, assim como para a sociedade como um todo.

Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×

Comentários