Doação de leite materno: como funciona, importância e como doar

Maternidade

06/01/2022

Doar leite materno é um gesto de amor que pode salvar a vida de bebês, especialmente prematuros. Saiba como se tornar uma doadora e onde doar o seu leite em BH.

4 min de leitura

Doação de leite materno: como funciona, importância e como doar

A doação de leite materno é um ato de amor que pode salvar vidas. Por isso, muitas mães com leite em excesso, ou que desejam compartilhar este alimento com outros bebês, têm aderido a essa iniciativa.

Doar leite materno é uma prática que pode ser realizada durante todo o ano por mães que estão em aleitamento.

Muita gente não sabe, mas mesmo as mamães que não produzem muito leite, também podem doá-lo em poucas quantidades. Afinal, 1 litro de leite é suficiente para nutrir até 10 recém-nascidos.

Neste artigo, você irá encontrar mais informações sobre o assunto, inclusive onde doar ou receber leite materno em BH.

Qual a importância da doação de leite materno?

Segundo o Ministério da Saúde, a cada ano, cerca de 330 mil bebês nascem prematuramente ou com baixo peso no Brasil. Na maioria dos casos, os bebês internados não podem ser alimentados diretamente pelas mães, e é aí que a doação de leite humano se torna importante.

O leite materno doado é utilizado para alimentar estes bebês, aumentando as chances de recuperação nutricional e alta hospitalar precoce.

setinha Leia mais sobre prematuridade, clicando aqui.

Doar leite materno é multiplicar vida com esperança

Na hora da doação de leite humano, cada gota importa, pois dependendo do peso do bebê prematuro 1 ml já é capaz de nutri-lo. Por isso, doar leite materno é um gesto que literalmente pode salvar vidas.

Vale lembrar que os bebês devem ser amamentados exclusivamente com leite materno até os 6 meses.

O alimento contém os nutrientes necessários para o desenvolvimento saudável dos pequenos, além de anticorpos que protegem contra infecções e reduzem o risco de doenças crônicas no futuro. E estes são só alguns dos benefícios do aleitamento materno exclusivo.

Como funciona

A doação de leite materno é destinada a bebês internados com baixo peso, ou seja, menos de 2,5kg. São recém-nascidos que possuem condições ou patologias que inviabilizam a alimentação direta pela mãe.

Antes de ser distribuído para os bebês, o leite passa por um rigoroso processo e controle de qualidade, regulamentado por lei.

Minas Gerais possui mais de 40 unidades de coleta de leite materno. E para as mamães que dependem da doação de leite humano para alimentar os seus bebês, basta entrar em contato com o banco de leite mais próximo. Clique para visualizar a lista completa dos postos e contatos em Minas Gerais.

Dia Mundial de Doação de Leite Materno

Para conscientizar a população sobre a importância do aleitamento materno e estimular a doação, foi criado o Dia Mundial da Doação de Leite Materno, celebrado em 19 de maio. A data é marcada por ações da campanha de doação de leite humano em todo o país.

Como doar leite materno?

Se você quer ajudar bebês prematuros a ganharem peso mais rápido e irem para casa junto aos seus pais sem risco de vida, torne-se uma doadora de leite.

O melhor é que TODA mulher que está amamentando pode ser doadora: basta ser saudável e não fazer uso de medicamentos que interfiram na amamentação.

E ao contrário do que muitas mães pensam, não é necessário ter uma produção grande de leite para se tornar doadora, pois não há uma quantidade mínima para doação. Além disso, a produção do leite obedece à lei da demanda; quanto mais leite é retirado, mais é produzido!

De forma geral, para doar o leite, é preciso obedecer a alguns outros critérios, como:

  • Não utilizar medicamentos que impeçam a doação.
  • Ser saudável.

A mãe doadora também deve se dispor a fazer a ordenha e encaminhar o leite para doação.

Orientações para colher e armazenar

Na hora de coletar o leite, é preciso se atentar a alguns detalhes, principalmente quanto à higienização. Por isso, lembre-se de lavar bem as mãos e os braços (com água e sabão), assim como as mamas (somente com água), e secá-las com uma toalha limpa.

Cubra os cabelos com uma touca ou lenço e utilize uma máscara ou pano sobre o nariz e a boca. Realize o procedimento em um ambiente limpo e tranquilo. O leite deve ser coletado quando as mamas estiverem cheias.

Para armazenar o leite, utilize um frasco de vidro, limpo e esterilizado. Lembre-se de descartar as primeiras gotas de leite antes de fazer a coleta, e mantenha o alimento no freezer ou congelador até levar ao banco de leite mais próximo em, no máximo, 10 dias.

A Unimed-BH tem um conteúdo completo para te ajudar na hora de fazer a ordenha e o armazenamento do leite materno. Clique aqui e confira.

Onde doar?

Doe o seu leite no posto de coleta mais próximo. Muitos bancos de leite também realizam visitas para buscar o leite materno em casa. Por isso, entre em contato e receba as orientações para se tornar uma doadora.

Uma dica: tenha em mãos os seus documentos e últimos exames realizados no seu pré-natal.

Como doar leite materno em BH: postos de coleta

A capital mineira possui seis bancos de leite e postos de coleta. São eles:

Tanto as doações como o recebimento do leite materno são totalmente gratuitos.

Para saber mais sobre aleitamento materno e outros assuntos sobre o universo da gestação e maternidade, conheça o Podcast exclusivo da Unimed-BH: ouça seu corpo, o bebê e o re.parto.

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×

Comentários