Nutrição e metabolismo em cirurgia bariátrica: quais as principais complicações?

Prevenção e Controle

26/02/2021

Cuidar das deficiências vitamínicas é fundamental para um pós-operatório da cirurgia bariátrica sem complicações

3 min de leitura

Compartilhar

Nutrição e metabolismo em cirurgia bariátrica: quais as principais complicações?

Um dos tratamentos indicados para pacientes diagnosticados com obesidade mórbida ou grave é a cirurgia bariátrica. É um procedimento cirúrgico complexo, que requer cuidados no pré, mas principalmente no pós-operatório.

Para que o paciente alcance os objetivos de emagrecimento propostos, não basta apenas passar pela intervenção cirúrgica. É fundamental realizar uma série de mudanças comportamentais pós-bariátrica, entre elas, a adoção de uma dieta rígida, que não só vai auxiliar na perda de peso, como vai evitar complicações na recuperação.

Acompanhar a nutrição e o metabolismo em cirurgia bariátrica é fundamental para evitar as deficiências nutricionais, que estão entre as maiores e mais comuns complicações do procedimento.

A diminuição da ingestão e absorção de alimentos que ocorre durante os primeiros três meses de pós-operatório impacta nas taxas de vitaminas no corpo. Por isso, é grande a incidência desses distúrbios. Logo, o acompanhamento médico especializado é imprescindível, assim como as avaliações constantes durante o pós-operatório.

Nutrição e metabolismo em cirurgia bariátrica: principais pontos de atenção

O acompanhamento da nutrição e do metabolismo em cirurgia bariátrica vai passar pelos principais pontos de atenção do pós-operatório desse procedimento: a dieta pós-bariátrica e a avaliação constante dos índices vitamínicos no corpo do paciente.

A falta dessa orientação e o não acompanhamento de uma equipe de saúde multidisciplinar acarretam diversas complicações, não somente nutricionais, como psicológicas e até mesmo neurológicas.

Durante os três primeiros meses, o paciente precisa passar por uma dieta pós-bariátrica que, progressivamente, faz a reintrodução dos alimentos na rotina. Até que essa adaptação seja completada, as deficiências vitamínicas são comuns; e se não forem prevenidas e tratadas, podem levar a alterações na imunidade, bem como a outros problemas de saúde, como lesões na pele, problemas de cicatrização e, em casos graves, sequelas neurológicas.

A desnutrição grave também pode ocorrer no paciente bariátrico, principalmente quando não há o acompanhamento nutricional adequado. Ela acontece, na maioria dos casos, pelo emagrecimento excessivo, que pode ser causado pela diminuição exagerada na alimentação ou por episódios sequenciais de vômitos e náuseas.

O cenário oposto também pode ocorrer: a perda de peso pós-bariátrica, quando não acompanhada das orientações nutricionais, pode ser insuficiente.

Nutricionista especialista em bariátrica

Assim como o profissional de nutrição geral, o nutricionista especialista em bariátrica tem papel fundamental na perda de peso, mas sua importância vai além da prescrição de dietas ao paciente recém-operado.

Levando em consideração os métodos cirúrgicos adotados, ele vai observar, em cada caso, as necessidades do bariátrico e realizar o processo de reeducação alimentar de forma individual, cuidando das fases de reintrodução de alimentos e motivando-o a passar por cada uma delas.

A relação do nutricionista especialista em bariátrica com o paciente deve ser clara e próxima. Ele deve conduzir a dieta e os procedimentos do pós-operatório de maneira regular, compartilhando resultados e carências nutricionais.

Qual a melhor vitamina para bariátrico?

Não existe uma receita de qual a melhor vitamina para bariátrico. A melhor é aquela que repõe as deficiências do paciente durante o pós-operatório. Para saber como fazer a reposição de vitaminas após a cirurgia bariátrica, é preciso ter um acompanhamento nutricional constante, além de realizar exames periódicos. Esses exames, por sua vez, devem ser prescritos e analisados pela equipe de saúde responsável pelo acompanhamento no pós-operatório.

Reposição de vitaminas após a cirurgia bariátrica

De acordo com as Diretrizes Brasileiras de Tratamento da Obesidade, existe uma série de complicações e manifestações clínicas relacionadas à cirurgia bariátrica. Entre elas, diversas estão associadas à absorção de vitaminas.

Como medida preventiva, é comum e indicado o uso de suplemento polivitamínico diário nos primeiros meses de pós-operatório, além de vitamina B12, que pode ser intramuscular, em intervalos de meses, ou consumida diariamente, em comprimidos.

Para as mulheres em idade reprodutiva, a preocupação é redobrada. Além das reposições vitamínicas mais comuns, é preciso tomar cuidados relativos à gravidez. Por isso, é aconselhado o uso de ácido fólico, que atua na prevenção de defeitos de formação do tubo neural do feto.

Em todos os casos, a reposição vitamínica só deverá ser feita a partir da prescrição do nutricionista especialista em bariátrica ou de outro membro da equipe médica que acompanha o pós-operatório do paciente.

Diretrizes nutricionais para cirurgia bariátrica

As diretrizes nutricionais para cirurgia bariátrica são voltadas para o pós-operatório e devem ser realizadas com rigor para que os resultados sejam alcançados, para que as complicações sejam evitadas e, principalmente, para que o paciente tenha bem-estar e qualidade de vida em todas essas etapas.

  • Dieta pós-bariátrica: a adoção da dieta pós-bariátrica é fundamental e dividida em três etapas. Ela prevê a reintrodução gradual de alimentos e tem, no mínimo, três meses de duração, desde a fase em que é permitida apenas a ingestão de líquidos até a “volta” dos alimentos sólidos.
  • Análise e reposição vitamínica: os exames laboratoriais devem ser feitos constantemente, com o objetivo de verificar, entre outras coisas, as taxas vitamínicas. Em casos de taxas abaixo do esperado, as reposições vitamínicas devem acontecer observando as particularidades de cada paciente.
Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.

Comentários