Guia sobre prevenção ao câncer de próstata

Prevenção e Controle

09/03/2021

Saiba como prevenir o câncer de próstata, uma doença muito comum que apresenta mais de 2 milhões de casos por ano no Brasil

4 min de leitura

Compartilhar

Guia sobre prevenção ao câncer de próstata

A próstata é uma glândula masculina bem pequena em formato de maçã, localizada abaixo da bexiga e à frente do reto (final do intestino grosso), que envolve o superior da uretra, aquele canal por onde passa a urina.

Ela não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides. Esse órgão é vital no processo de reprodução e está relacionado a um dos tipos mais comuns de câncer que existe: o câncer de próstata.

No Brasil, esse é o segundo tipo de câncer mais recorrente entre os homens. De evolução silenciosa em sua fase inicial, é considerado uma doença da terceira idade, já que mais da metade dos casos são registrados após os 65 anos.

Embora seja uma doença comum, por medo ou por desconhecimento, muitos homens ainda preferem não conversar sobre o assunto. Entenda o que é a doença, seus tipos e seus métodos de prevenção.

O que é câncer de próstata?

O crescimento benigno da próstata ocorre com o avançar da idade. Durante toda a vida, as células se multiplicam, substituindo as mais antigas por novas. Mas, em alguns casos, pode acontecer um crescimento descontrolado das células, formando tumores que podem ser benignos ou malignos.

O câncer de próstata é um tumor maligno. E o crescimento descontrolado das células pode se espalhar para órgãos e tecidos próximos, como a bexiga, e para outras partes do corpo — em um processo chamado metástase. As células cancerígenas podem viajar pelo corpo por vasos sanguíneos e por vasos linfáticos, por exemplo.

O câncer de próstata geralmente pode ser removido com cirurgia. No entanto, em alguns casos, ele pode voltar a crescer.

O que aumenta o risco de desenvolver o câncer de próstata?

Algumas características podem aumentar as chances de desenvolver o câncer de próstata.

  • Idade: A idade é um fator de risco importante. A incidência e a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos.
  • Histórico familiar: Muitos casos de câncer de próstata na família podem indicar a presença de mutações hereditárias. O risco chama mais atenção principalmente quando o pai ou um irmão tiveram a doença antes dos 60 anos.
  • Peso corporal: A obesidade ou o sobrepeso aumentam o alerta de câncer de próstata avançado. Essas condições também acarretam maior taxa de mortalidade nos pacientes.
  • Cigarro: Homens que fumam muito dobram as chances de apresentar câncer de próstata ao longo da vida. No entanto, dez anos após largar o cigarro, o paciente volta a ter as mesmas chances de outro paciente da mesma faixa etária.
  • Exposição ocupacional: Homens que estão constantemente expostos a aminas aromáticas (presentes nas indústrias química, mecânica e de alumínio), arsênio (conservante de madeira com agrotóxico), produtos do petróleo, motor de escape de veículo, hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA), fuligem e outras substâncias têm maior chance de desenvolver o câncer de próstata.

Tipos de câncer de próstata

Os tipos de câncer de próstata se diferenciam conforme a célula na qual a doença teve início. Munido dessa informação, o médico indicará o tratamento mais adequado, considerando também o tamanho do tumor e o quão alteradas estão as células cancerígenas.

Tipos de câncer de próstata:

  • Adenocarcinomas (correspondem a 95% dos tumores malignos originados na próstata)
  • Carcinomas de pequenas células
  • Sarcomas
  • Linfomas

Cânceres de próstata que não sejam adenocarcinomas são bastante raros. Os outros tipos constituem apenas 5% do total de casos da doença.

Como se prevenir contra o câncer de próstata?

Se você é homem, pode estar preocupado em como se prevenir contra o câncer de próstata. Para diminuir suas chances de desenvolvê-lo, é necessário adotar hábitos de vida saudáveis e ter bastante atenção a fatores de risco.

Médicos defendem que não há uma forma de prevenção específica; geralmente, recomenda-se que homens que apresentem fatores de risco tenham mais atenção à saúde como um todo.

Idade para começar a prevenção contra o câncer de próstata

Se você se pergunta qual a idade para começar a prevenção contra o câncer de próstata, saiba que ele costuma acometer homens acima dos 50 anos de idade, e o risco aumenta à medida que a pessoa envelhece. A maioria dos casos é diagnosticada entre os 65 e os 69 anos. No entanto, mesmo que as chances sejam baixas, é possível receber o diagnóstico antes dos 40.

Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 50 anos devem procurar um médico urologista para avaliar a necessidade de fazer exames de rastreamento para o câncer de próstata.

Quem tem histórico na família ou apresenta fatores de risco precisa começar esses exames mais cedo, aos 45 anos. São dois os principais rastreamentos nesse sentido: o toque retal e o exame de PSA (Antígeno Prostático Específico).

Como evitar câncer de próstata?

Uma das formas que ajudam a evitar o câncer de próstata é tendo uma vida mais saudável. Adote uma dieta variada, com muitas frutas e verduras. É sempre melhor apostar em alimentos saudáveis que em suplementos vitamínicos.

Então, capriche no prato! Também é fundamental se exercitar. Exercícios frequentes, além de melhorarem a saúde, ajudam no humor e contribuem para o controle do peso.

Além de buscar uma vida mais saudável, é preciso estar atento a qualquer sinal de que o câncer de próstata esteja se desenvolvendo. A detecção inicial possibilita encontrar o tumor ainda no começo, o que aumenta as chances de tratamento.

Mesmo com os avanços da medicina na detecção e no tratamento do câncer de próstata, muitos homens afetados com a doença são diagnosticados já em estágio avançado. O diagnóstico precoce viabiliza resultados mais promissores no tratamento, que deve ser indicado conforme a investigação de sintomas.

Entre os principais deles estão:

  • dificuldade para urinar;
  • diminuição do jato de urina;
  • aumento na frequência e na necessidade de urinar;
  • presença de sangue na urina.

Na maioria das vezes, esses sintomas não são causados por câncer, mas é importante que eles sejam investigados por um médico.

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021