Demência: sintomas e principais cuidados para pessoas com este quadro

Prevenção e Controle

28/06/2021

Você tem dúvidas sobre o que é demência? A Unimed-BH responde a essa e outras perguntas sobre o assunto.

3 min de leitura

Compartilhar

Demência: sintomas e principais cuidados para pessoas com este quadro

Falar sobre demência pode ser tabu ou motivo de dúvidas para muitas pessoas. O termo – que caracteriza uma síndrome complexa – várias vezes é usado de forma pejorativa ou errônea, levando a conclusões também equivocadas sobre o assunto.

O conhecimento é a melhor ferramenta contra a desinformação. Conhecer mais sobre sintomas, causas e diagnóstico da demência pode ajudar a proporcionar mais bem-estar para o paciente e para todos aqueles que convivem com ele. Continue lendo para se informar mais sobre o assunto.

O que significa demência?

A demência é a diminuição lenta e progressiva da funcionalidade, com comprometimento da memória, do pensamento (capacidade intelectual), do raciocínio e das competências sociais do indivíduo.

Ocorre principalmente em pessoas acima de 65 anos, mas pode afetar também pessoas mais jovens. Existem vários tipos de demência, mas a mais comum é a doença de Alzheimer, que representa cerca de 60% a 70% dos casos, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Sintomas de demência

Os sintomas da maioria das demências são semelhantes. Fique atento aos sinais e procure um médico o quanto antes caso note as seguintes alterações:

  • Perda de memória, como esquecer nomes de pessoas próximas e locais onde guarda os objetos pessoais.
  • Problemas em usar a linguagem, como troca de frases constantes, e dificuldade em encontrar palavras e articular frases.
  • Mudanças na personalidade.
  • Desorientação no tempo e no espaço.
  • Dificuldade na realização de tarefas diárias habituais.

A função mental das pessoas com demência deteriora-se num prazo de 2 a 10 anos, podendo progredir de diferentes maneiras, dependendo da causa. A demência se inicia de forma lenta e os sintomas vão se agravando com o passar do tempo. 

Em caso de algum sinal, procure seu médico para uma avaliação, pois as demências podem se manifestar com sintomas iniciais, intermediários e tardios.

→ Saiba mais sobre A importância do Plano de saúde para idosos e como escolher.

Como proceder após o diagnóstico de demência

O primeiro passo após o diagnóstico de demência é consultar um médico especialista para que sejam esclarecidas as dúvidas referentes ao problema e à sua evolução. E também para orientações em relação às medicações e outras terapias alternativas que podem ajudar no tratamento.

Atenção! Nunca use nenhum tipo de medicação sem conhecimento ou orientação médica.

Diante do diagnóstico de demência, é muito importante que a família se prepare para enfrentar a nova situação. Lembre-se de que o problema é lento e progressivo.

É preciso que haja um planejamento de toda a família em relação às decisões relacionadas ao tratamento e à parte financeira. Sempre que possível, procure compartilhar as decisões também com o paciente. 

É importante que os familiares auxiliem a pessoa com demência, de modo a manter sua qualidade de vida pelo maior tempo possível, proporcionando atividades que trabalhem a parte cognitiva e estimulando a prática de exercícios físicos regularmente.

Leia mais → Atividade física para idosos ajuda a manter corpo e mente saudáveis.

Como cuidar de alguém com demência?

Você sabia que existem algumas estratégias que podem auxiliar você a cuidar do seu familiar ou paciente com demência? Fique atento a estas dicas:

  1. Não trate o indivíduo como uma criança, ainda que muitas vezes ele precise de cuidados compatíveis com essa faixa etária. Trate-o como o adulto que ele é: com respeito.

2. Tente, na medida do possível, não alterar a rotina do indivíduo.

3. Estimule a participação do indivíduo nas atividades do dia a dia, promovendo a sua independência.

4. Seja paciente: demonstre interesse pelo que o indivíduo está dizendo.

5. Evite críticas ou correções durante a comunicação. Evite discordar do indivíduo por questões insignificantes, a fim de não provocar mais frustração e nervosismo.

6. Mantenha-se no campo de visão do indivíduo enquanto se comunica com ele. Tente falar de forma lenta e clara. Faça apenas uma pergunta de cada vez.

7. Dê as orientações necessárias de maneira bem detalhada: passo a passo, uma informação de cada vez.

8. Se a pessoa estiver procurando por algo, adote a técnica de usar frases completas e nomear tudo o que faz: diga “aqui estão os seus óculos” em vez de apenas dizer “está aqui”.

Conte com a Unimed-BH

A mudança na rotina da casa é inevitável ao receber o diagnóstico de demência. É necessário adotar uma série de medidas para promover a segurança e garantir a higiene pessoal e a saúde do paciente. 

Pensando nisso, a Unimed-BH elaborou um manual de cuidados com tudo o que você precisa saber para proporcionar segurança e qualidade de vida aos indivíduos com demência e aos seus familiares ou cuidadores.

Quer acessar o material completo? Clique aqui e confira!

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021