Dieta e câncer: alimentos e hábitos para prevenir

Qualidade de Vida

29/01/2021

Confira algumas mudanças simples na dieta e no estilo de vida que podem ajudar a prevenir o câncer.

3 min de leitura

Compartilhar

Dieta e câncer: alimentos e hábitos para prevenir

Já foi comprovada a importância da alimentação para prevenir o câncer e também para fazer o seu controle. Uma alimentação saudável, variada e rica em verduras, legumes e frutas é determinante para a manutenção do corpo sadio.

Nos últimos anos, o aumento do consumo de alimentos ultraprocessados, o uso de agrotóxicos e as mudanças no estilo de vida da população vêm servindo de alerta para médicos e especialistas. Segundo o Ministério da Saúde, de 40% a 90% das mortes causadas por doenças crônicas não transmissíveis – obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e o próprio câncer – poderiam ser evitadas se a população tivesse acesso a uma alimentação adequada.

Além da alimentação saudável, uma das principais formas de prevenir o câncer é ser fisicamente ativo e manter o peso corporal adequado. Enquanto alguns alimentos podem ajudar a prevenir o câncer, outros podem aumentar o risco de desenvolver a doença.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer

Não podemos dizer que existe um alimento “milagroso”, que vai combater e matar as células cancerígenas, mas existem alimentos que promovem a renovação celular e têm vitaminas e minerais antioxidantes, fornecendo ao organismo substâncias imprescindíveis para combater os radicais livres que atacam as células.

Antioxidantes

Os antioxidantes estão nas frutas, verduras e legumes. Entre os fundamentais para a manutenção da saúde do organismo estão:

  • Vitamina A – Encontrada nos alimentos alaranjados, amarelos e vermelhos.
  • Vitamina C – Encontrada nas frutas cítricas.
  • Vitamina E – Encontrada nos óleos vegetais, grãos e nozes.
  • Zinco – Mineral encontrado nas castanhas.
  • Selênio – Mineral presente nas carnes, leite, nozes e castanhas.

Alimentos in natura

Consuma alimentos in natura, ou seja, que tenham o mínimo de processamento, como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas.

O mínimo recomendado é de três porções de frutas e três de verduras e legumes por dia.

Oleaginosas e sementes

De acordo com resultados de alguns estudos, a ingestão diária de nozes e outras oleaginosas está associada ao menor risco de desenvolver câncer (mama, próstata, esôfago, estômago, cólon e reto) devido ao alto teor dos compostos bioativos existentes nesse grupo. É recomendado o consumo de duas porções ou mais por semana de oleaginosas.

Nozes, avelãs, castanhas, castanhas-de-caju, castanhas-do-pará, macadâmias, pistaches e amêndoas fazem parte desse grupo. Sementes como de girassol, abóbora, gergelim, amendoim, amêndoa de baru também fazem parte desse grupo de alimentos protetores. Experimente acrescentá-las na salada.

Alimentos que podem contribuir com o câncer

Uma dieta inadequada pode trazer resultados negativos tanto na prevenção quanto no tratamento do câncer, podendo causar a debilitação e a indução de crescimento ou aumento das células tumorais no organismo.

Embutidos

Alimentos defumados, embutidos e processados como salsichas, presuntos, mortadelas, salames, carnes e peixes salgados, conservas e picles, entre outros.

Ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados, prontos para consumir. Por exemplo: enlatados, congelados, preparações instantâneas, refrigerantes, salgadinhos, frituras, doces, gelatina industrializada, refresco em pó, temperos prontos, margarina, iogurte industrializado, macarrão instantâneo, sorvetes, biscoitos recheados, achocolatados e outras guloseimas.

Carne vermelha

Reduza o consumo para apenas uma ou duas vezes por semana.

Dicas para uma alimentação balanceada

Uma alimentação equilibrada é essencial para a manutenção de um corpo saudável e funcional. É a partir dela que nosso organismo consegue todos os macro e micronutrientes de que ele precisa para funcionar.

Além de ajudar a prevenir contra o câncer, o consumo de alimentos variados, em quantidades moderadas e com equilíbrio, dá ao corpo mais disposição, melhora o sistema imunológico e garante mais força para aguentar o dia a dia de quem passa por um tratamento oncológico.

Anote as dicas e mantenha uma dieta balanceada:

Preste atenção em seu corpo e coma somente quando estiver com fome. Geralmente, isso ocorre a cada 3 ou 4 horas, dependendo da quantidade e qualidade da última refeição ingerida.

  • Consuma, no mínimo, três porções de frutas por dia.
  • Consuma três porções de legumes ou verduras por dia.
  • Prefira alimentos integrais e leite e seus derivados desnatados.
  • Varie as fontes proteicas entre carne de boi, frango, peixe e ovo.

Hábitos que devemos evitar

Alguns hábitos também podem ser prejudiciais à saúde. Algumas mudanças simples no modo de vida podem ser essenciais para manter a longevidade. Evite:

  • Cozinhar alimentos a altas temperaturas e grelhados na brasa.
  • Aquecer recipientes plásticos contendo alimentos, pois há liberação de substâncias nocivas com potencial de causar câncer. O melhor é transferir a comida para vasilhas de vidro temperado ou de porcelana que suportam calor.
  • O filme plástico utilizado para proteger e cobrir alimentos também deve ser evitado.
Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021