Pesquisar doenças na internet: você também tem esse hábito?

Qualidade de Vida

26/04/2021

Aprenda a transformar esse hábito em uma ferramenta para auxiliar no diagnóstico correto de doenças.

3 min de leitura

Compartilhar

Pesquisar doenças na internet: você também tem esse hábito?

Você já se deparou procurando o significado de algum sintoma na internet? Cerca de 40,9% dos brasileiros também! Os dados do ICTQ (Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade) não mentem: pesquisar doenças na internet é um hábito comum na rotina das pessoas.

Pensando em ajudar você e sua família por meio da informação, aqui, no Viver Bem, você encontra informações para levar ao seu médico na hora da consulta e dicas de quando procurar um especialista. Além disso, pode conferir orientações para promover a mudança de hábitos, um estilo de vida mais saudável e muito mais!

Quer saber qual é a melhor forma de pesquisar sintomas de doenças na internet? Neste post, explicamos tudo sobre o assunto. Basta continuar lendo para descobrir!

Procurar doenças na internet: você também tem essa mania?

Se a resposta para essa pergunta é sim, não se preocupe! Como você já sabe, o hábito de procurar doenças na internet é comum entre os brasileiros.

Mais que isso: a cada vinte pesquisas no Google, uma está relacionada à saúde. Os dados são do próprio mecanismo de busca e mostram que esse é um comportamento que se pode ver ao redor do mundo.

Mas, ao pesquisar sintomas de doenças, é preciso tomar uma série de cuidados. Se, por um lado, o conhecido “Dr. Google” tem uma vasta gama de informações que podem ser usadas a nosso favor, por outro, o mesmo sintoma pode ter diversos significados e diagnósticos.

A pesquisa de sintomas sem responsabilidade pode levar a inúmeras suposições incorretas e até mesmo a tratamentos que podem custar caro ao “paciente”.

Quais os perigos do autodiagnóstico?

Para entender os perigos do autodiagnóstico, vamos utilizar, como exemplo, um dos sintomas mais procurados na internet: a dor de cabeça.

A dor de cabeça pode ser causada por inúmeros fatores: estresse e sinusite são alguns deles. Ao mesmo tempo que pode representar diagnósticos simples e pouco preocupantes, ela também pode ser um sinal de enfermidades graves — como, até mesmo, um acidente vascular cerebral.

Ao pesquisar pelo termo “dor de cabeça” na internet, você terá acesso a informações sobre todos os tipos de cefaleia e o que eles podem significar. Terá acesso, também, a possíveis tratamentos para cada uma dessas condições.

Apesar de tanto conteúdo disponível, uma das etapas mais importantes para chegar ao diagnóstico correto é o exame clínico e a análise do quadro do paciente. Isso não pode ser feito pela internet, apenas por meio de uma consulta com um médico.

A pesquisa mais perigosa do Google: você sabia?

A pesquisa mais perigosa do Google está associada a sintomas físicos e psicológicos. O perigo de pesquisar doenças da internet é a infinidade de interpretações que os resultados podem gerar.

Isso pode levar você a se preocupar excessivamente ou a menosprezar a gravidade do sintoma, e ambos os cenários devem ser evitados. Por isso, é importante tomar alguns cuidados ao procurar doenças na internet.

Quais cuidados devo tomar ao procurar doenças na internet?

Apesar dos pontos de atenção, é possível usar a internet a seu favor. Para isso, é preciso ter em mente alguns cuidados ao procurar doenças na internet.

Busque informações em sites confiáveis

Pesquisar sintomas de doenças nos mecanismos de busca dará a você uma infinidade de opções de sites para escolher. Opte por sites confiáveis, sejam eles portais do governo — Ministério da Saúde, Agência Nacional de Saúde Suplementar — sejam eles blogs de instituições de saúde conhecidas, como o Viver Bem, da Unimed-BH.

Ao acessar esse tipo de site, você tem acesso a informações confiáveis, escritas por profissionais credenciados, com experiência e credibilidade.

Automedicação, nem pensar

Se o autodiagnóstico já é algo a ser evitado, a automedicação é ainda mais arriscada. Ao pesquisar sintomas de doenças, é preciso ter em mente que um mesmo sintoma pode ser sinal de vários diagnósticos. Consequentemente, esse sintoma pode ser combatido com várias medidas, sendo elas medicamentosas ou não.

Utilizar medicações sem prescrição médica pode levar a diversos problemas. Eles podem não ter nenhuma eficácia no tratamento da condição de saúde e até causar graves efeitos colaterais.

Após pesquisar, procure atendimento médico

Pesquisar sintomas de doenças não diminui a necessidade de uma consulta médica. Após buscar informações em sites confiáveis, é necessário procurar a orientação de um profissional especializado para diagnosticar, legitimar e tratar o que você está sentindo.

Apenas um profissional poderá fazer uma avaliação completa, considerando os sintomas e o quadro clínico completo do paciente.

Consultas médicas x pandemia: como lidar?

Com a pandemia da Covid-19, cresce o medo de se arriscar em um hospital para fazer uma consulta. Automaticamente, sobe também a tendência das pesquisas de sintomas na internet e do autodiagnóstico.

Para promover soluções diante desse cenário, as teleconsultas têm sido uma ótima alternativa. Elas garantem maior segurança e eficiência, além de oferecer a tranquilidade necessária para manter o isolamento.

As consultas on-line podem constatar a necessidade de atendimento presencial, mas apenas em casos extremamente necessários.

Clientes da Unimed-BH têm a opção de realizar consultas on-line e podem contar com o cuidado de sempre sem precisar sair de casa.

Além das consultas agendadas com diferentes especialidades, é possível ter acesso ao Pronto Atendimento On-line – para situações que não podem esperar – e também realizar consultas específicas para casos em que há suspeita de infecção pelo coronavírus.

Acesse o portal Conecta Saúde, saiba mais sobre cada uma das modalidades de consulta e aproveite!

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021