Benefícios da yoga: cuide da saúde do corpo e da mente

Para Participar

21/06/2021

E se você pudesse unir os cuidados com o corpo e com a mente em uma única prática? A yoga foi criada justamente para organizar essa conexão. Veja os principais benefícios.

5 min de leitura

Compartilhar

Benefícios da yoga: cuide da saúde do corpo e da mente

Uma filosofia de vida, uma ciência, uma técnica ancestral, um exercício físico… Ao longo dos séculos – e nos dois hemisférios –, a yoga tem passeado por diversas definições e entendimentos. O fato é que a prática, nascida há 5 mil anos na Índia, traz inúmeros benefícios para o corpo e a mente. 

Reconhecida como atividade benéfica à saúde pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a yoga pode ter uma definição especial para você, de acordo com o seu objetivo: meditar, relaxar o corpo, acalmar os pensamentos, se desligar das interferências externas, tonificar os músculos, aumentar a flexibilidade, exercitar a concentração, diminuir a ansiedade e ganhar resistência física.

Independentemente de qualquer propósito, idade, condicionamento físico ou estrutura corporal, tal prática pode ajudar a melhorar a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida. 

Confira, a seguir, os benefícios da yoga e tire todas as dúvidas sobre o assunto.

Quais os benefícios da yoga?

Por se tratar de uma atividade que conecta o corpo à mente, a yoga traz benefícios a essas duas áreas, e a sensação de bem-estar após a prática é imediata. Para o corpo, ela traz os seguintes efeitos:

Relaxamento

Após se exercitar e executar a respiração de forma consciente, os músculos ficam relaxados e a sensação de conforto também pode ser percebida, já que existem movimentos específicos para cada parte do corpo e para cada órgão. 

Fortalecimento da musculatura e perda de peso

Quem pensa que a yoga requer pouco esforço físico está enganado. Dependendo da intensidade e da frequência do exercício, você pode sair da aula com a sensação de ter acabado de fazer uma sessão de musculação. A prática ajuda a fortalecer e tonificar os músculos, contribuindo também para a perda de peso de forma saudável. 

Melhora na postura e na flexibilidade

O exercício do equilíbrio em diferentes movimentos ajuda a melhorar a postura e a flexibilidade. Além disso, você estará colocando o corpo em posições pouco praticadas no dia a dia, fazendo com que ele aprenda novos movimentos, posturas e alongamentos. 

Benefícios para a mente 

A prática ajuda a aliviar o estresse e a tensão, o que reflete também no corpo, já que diminui a dor nos ombros causada por esses motivos. Na yoga, a conexão entre corpo e mente é uma premissa da prática, portanto os benefícios são perpetuados a ambos. 

A atividade também ajuda a respirar da maneira “correta” e amplia a capacidade pulmonar, contribuindo para melhorar a oxigenação do cérebro. Com isso, há o aumento dos níveis de concentração e foco e também o aprimoramento da memória.

Além disso, é uma forma de exercer o autoconhecimento e o autocuidado, aspectos fundamentais para o bem-estar e a autoestima. 

Como praticar yoga?

Não é preciso ter um estúdio todo equipado ou inúmeros apetrechos para usufruir os benefícios da yoga. Você pode praticar na sua casa. Basta separar um cantinho espaçoso e silencioso, onde você conseguirá se concentrar e se mover sem muitos obstáculos. 

Muitos adeptos preferem fazer o exercício ao ar livre, favorecendo o contato com a natureza e ampliando as sensações de bem-estar e conexão entre corpo e mente. 

Use roupas leves e confortáveis, que possibilitem maior mobilidade corporal. Você pode optar por fazer yoga com calçados flexíveis, como sapatilhas de tecido; mas, geralmente, os adeptos da prática preferem os pés descalços. Isso favorece a flexibilidade e a liberdade para exercer todo tipo de movimento. 

Uma ferramenta essencial para a prática é o tapetinho de yoga ou estrutura semelhante, no qual você poderá se ajoelhar, deitar e se mover sem desconforto. Também são válidos colchonetes de ginástica, tapete de EVA ou até mesmo uma almofada ou edredom dobrado para amortecer os joelhos.  

Quem pode praticar?

Como toda atividade física, a yoga deve ser praticada a partir de avaliação e indicação médica, de modo a evitar lesões e agravamento de quadros específicos. 

Conforme o resultado da avaliação profissional, a prática pode ser liberada, independentemente de idade, corpo ou nível de aprendizagem. 

O tempo da atividade também pode variar de pessoa para pessoa. Há quem encare a prática como um exercício físico regular e dedique uma hora diária ou mais para se exercitar.  

Também existem aqueles que recorrem à prática durante alguns minutos por dia para objetivos específicos: 15 minutos ao acordar, para ajudar a despertar o organismo antes de iniciar o dia; ou à noite, para dormir melhor, por exemplo. 

Como começar a fazer yoga 

Se você é novo na prática, lembre-se de não forçar o corpo a fazer movimentos e posturas mais complexos. Comece devagar, no seu tempo e na sua velocidade. Afinal, não se trata de uma competição. 

A yoga é uma prática individual e deve ser feita de acordo com os seus objetivos e condições específicas. Aos poucos, seu corpo vai se acostumar com as posições e o seu desempenho vai melhorar gradativamente.

Aula de yoga para iniciantes

Por abranger uma grande variedade de movimentos e posições, a prática permite que você estabeleça um conjunto de posturas ideais para o seu momento. 

Para começar, escolha uma prática de yoga que tenha movimentos mais simples para ajudar o seu corpo a se familiarizar com a técnica e treinar as posturas básicas e a respiração. 

Veja cinco exemplos de posições de yoga para iniciantes:

→ Postura da criança (Balasana): alonga a coluna e proporciona o relaxamento quase instantâneo do corpo. 

balasana

→ Postura do peixe (Matsyasana): ajuda a abrir o peito e amplia o movimento de respiração.

matsyasana

→ Postura da borboleta (Badhakonasana): ativa a circulação das pernas e melhora a flexibilidade da região pélvica. 

badhakonasana

→ Torção (Matsyendrasana): traz mais mobilidade à coluna e fortalece músculos e articulações. 

matsyendrasana

→ Postura fácil (Sukasana): alonga a coluna e ajuda a melhorar a respiração, trazendo a sensação de relaxamento. 

sukasana

Essas são algumas sugestões de posturas de yoga para ajudar você a iniciar a prática. Para receber orientações sobre como fazer as posições e ter acesso gratuito a aulas guiadas, temos uma dica especial para você

Yoga em casa com a Unimed-BH

Para melhorar o desempenho da prática de yoga, especialmente no caso de iniciantes, é importante contar com a orientação especializada. Trata-se da prática guiada por um profissional com orientações sobre posições e posturas corretas para cada exercício

E agora, com o Circuito Mude1Hábito, você tem acesso a diferentes práticas, dicas de saúde e ainda pode acumular pontos enquanto cria uma rotina mais saudável – para trocar por prêmios e benefícios.

→ Cadastre-se na plataforma, conheça as atividades e comece a praticar.
Acessando por este link aqui, você fatura +200 pontos, não perca!

Você sabia? Quem pratica yoga é… 

Assim como os atletas e os “crossfiteiros” têm uma denominação específica de acordo com a prática a qual são adeptos, o praticante de yoga também recebe uma definição: yogue ou yoguim.  

O termo é utilizado para denominar aqueles que fazem yoga e/ou são adeptos dessa filosofia de vida

E, para saber mais sobre a importância dos exercícios para saúde, acesse os nossos conteúdos sobre Qualidade de Vida: Atividades Físicas.

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021