Descubra como estimular a atividade física infantil em cada idade

Qualidade de Vida

31/03/2021

Incentivar a prática de exercícios físicos entre as crianças é fundamental. Saiba como fazer isso respeitando as limitações de cada idade.

5 min de leitura

Compartilhar

Descubra como estimular a atividade física infantil em cada idade

A infância é uma fase crucial para o nosso desenvolvimento. É durante esse período que expandimos nossa capacidade física, motora, comportamental e cognitiva.

Estimular os pequenos durante essa etapa faz toda a diferença, e a atividade física infantil tem um papel essencial nesse desenvolvimento. Diversas modalidades podem ser exploradas como exercício físico para crianças, desde que respeitem as limitações e orientações para cada idade.

Quer introduzir a atividade física infantil na rotina do seu filho, mas ainda não sabe como? Continue lendo esse post e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

Quais os benefícios da atividade física para as crianças?

Os benefícios da atividade física para as crianças são muitos. De acordo com o Manual de Atividades Físicas da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), estimular a atividade física na infância e na adolescência ajuda no combate à obesidade por toda a vida.

Isso porque, além de contribuir para uma vida mais ativa durante essa fase, a tendência é que crianças que praticam exercícios adotem esse hábito também na fase adulta.

Exercitar-se na infância também ajuda na manutenção da saúde cardiovascular, no fortalecimento de ossos, articulações e músculos, e no metabolismo – aumentando a sensibilidade à insulina e a tolerância à glicose, por exemplo.

Mas não para por aí. Incentivar a prática de atividade física infantil ajuda não somente a prevenir o sedentarismo e melhorar a saúde física. Exercícios físicos para crianças são ferramentas importantes para o progresso cognitivo, emocional e motor, além de auxiliar na autoestima e na socialização.

A importância da educação física para o desenvolvimento da criança

Quem pensa que a importância da educação física para o desenvolvimento da criança se limita à prevenção do sedentarismo e da obesidade, está muito enganado. Os aspectos emocionais e sociais também são beneficiados com a prática regular de atividade física infantil:

  • Promove o bem-estar.
  • Auxilia na linguagem corporal.
  • Estimula a criatividade.
  • Promove a socialização.
  • Desenvolve a capacidade afetiva e intelectual.
  • Melhora os resultados de aprendizagem.
  • Contribui com a autoestima e minimiza as chances de depressão e doenças relacionadas ao sedentarismo.
  • Ajuda no desenvolvimento motor.
  • Melhora a postura e o equilíbrio.

Exercícios físicos para crianças: dicas para cada idade

Respeitar as limitações e as fragilidades de cada fase é fundamental na hora de inserir exercícios físicos para crianças. Confira como eles devem ser adaptados a cada idade, conforme o Manual de Atividades Físicas da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Crianças de até 2 anos de idade

Desde os primeiros meses de vida, é importante incentivar a atividade física infantil. Para que a capacidade de engatinhar e andar seja desenvolvida em crianças de até 2 anos de idade, o envolvimento dos pais é fundamental. O recado é válido para mamães, papais e todos os que participam diariamente do cuidado do bebê.

Mesmo antes de começar a engatinhar, é importante estimulá-lo a ser ativo – alcançando objetos, segurando, puxando e empurrando.

Em crianças que já estão aprendendo a andar, o caminhar deve ser incentivado durante a rotina diária. Promover atividades e brincadeiras em que os pequenos precisem dar passos, ou ao menos ficarem de pé, é uma boa maneira de estimulá-los.

O ideal é que a atividade aconteça ao menos 180 minutos fracionados ao longo do dia. Se não for possível inserir, não tem problema: o importante é não incentivar comportamentos sedentários por muito tempo durante o dia.

A exposição de crianças menores de 2 anos a telas de TV, tablets e celulares é outro ponto de alerta. Para essa faixa etária, esses estímulos visuais não devem ser fornecidos em nenhum momento.

Crianças de 3 a 5 anos de idade

O desenvolvimento da coordenação motora deve ser o principal estímulo para crianças de 3 a 5 anos de idade. Para isso, a atividade física infantil deve ser incluída na rotina diária, ao menos durante 180 minutos. Vale a pena investir em modalidades como natação, dança, lutas e esportes coletivos. Por isso, pais e mães devem incentivar tais práticas e garantir que os filhos tirem bom proveito delas.

O tempo gasto em frente às telas ainda deve ser limitado para evitar o comportamento sedentário. Quanto menor o tempo gasto frente às telas, melhor o desenvolvimento da criança.

Crianças a partir de 6 anos e adolescentes

Crianças a partir de 6 anos e adolescentes podem intensificar os exercícios físicos. Deve-se destinar, no mínimo, 60 minutos diários de atividades físicas de intensidade moderada. Andar de bicicleta, nadar e correr são algumas das opções que podem ser oferecidas.

É importante também promover algum tipo de atividade física infantil mais intensa três vezes na semana. Algumas delas ajudam no fortalecimento e desenvolvimento de músculos e ossos e outras servem para melhorar a flexibilidade e as articulações.

A atividade física infantil pode ser estimulada por meio de brincadeiras com saltos, atividades de empurrar, puxar e apoiar ou suportar o peso corporal. TVs, tablets e celulares no momento de lazer devem ser usados com moderação; de preferência, limitados a duas horas diárias.

O papel dos pais na atividade física infantil

Não há como negar: pais e responsáveis têm um papel importantíssimo no desenvolvimento das crianças, e a atividade física infantil faz parte desse processo. Quem cuida diariamente dos pequenos deve estimular a prática de exercícios físicos de modo a garantir efeitos positivos no desenvolvimento deles.

Ainda que existam diretrizes para cada idade, é papel das mães, dos pais e dos demais responsáveis analisar se a modalidade é adequada e prazerosa, considerando aspectos individuais da criança e do adolescente.

O Departamento de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria sugere alguns tópicos de aconselhamento para a promoção da atividade física na criança e no adolescente:

  • Incentivar a atividade física infantil por meio de brincadeiras nos momentos de lazer.
  • Buscar meios alternativos para reduzir o tempo gasto com telas – televisão, computador e videogames – nos horários de lazer, evitando o sedentarismo.
  • Evitar também televisão e computador no quarto das crianças.
  • Buscar os aspectos lúdicos das atividades esportivas infantis, sem foco exclusivo em resultados positivos.
  • Optar por caminhadas e bicicletas em trajetos adequados e seguros. Assim, além de promover o exercício físico, você incentivará o uso de meios de transporte saudáveis e sustentáveis desde a infância.
  • Incentivar a participação da criança nas atividades físicas infantis dentro da escola.
  • Estimular a participação, em grupos, de crianças e adolescentes com limitações de aptidão física e não aceitar qualquer tipo de exclusão, inclusive de portadores de deficiência física.

Independentemente do tipo escolhido e da forma como será introduzida, toda atividade física gera saldos positivos para o corpo e para a mente das crianças. Por isso, ela deve ser incluída desde os primeiros meses de vida.

Por isso, papais e mamães devem ser incentivadores e moderadores dessa prática, analisando se ela é proveitosa, satisfatória e adequada para cumprir seus objetivos principais: o desenvolvimento infantil e a diversão das crianças.

Atividades físicas para crianças em casa

Durante a pandemia, ficou mais difícil reduzir o tempo dos pequenos em frente às telas. Que tal, então, organizar atividades físicas para crianças em casa?

A Unimed separou várias dicas de atividade física infantil na quarentena, fundamentais para passar por esse momento com saúde, segurança e sem perder o desenvolvimento infantil de vista. Vale improvisar circuitos de exercícios dentro de casa, investir em aulas on-line com a participação de pais e filhos e até dividir as tarefas de casa. O que importa é se divertir!

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021