Odontogeriatria: entenda a importância da saúde bucal para o idoso

Qualidade de Vida

25/02/2021

Conheça as principais queixas e orientações médicas para a manutenção da saúde bucal do idoso

4 min de leitura

Compartilhar

Odontogeriatria: entenda a importância da saúde bucal para o idoso

A chegada da terceira idade pede cuidados especiais, e com a saúde bucal do idoso não é diferente. O envelhecimento é inevitável e, com ele, é chegada também uma fase de adoção de novos hábitos que tem o objetivo de garantir mais qualidade de vida e preservar a saúde. Por isso, o acompanhamento de um especialista em odontogeriatria se torna indispensável.

Muito se engana quem pensa que, na terceira idade, devemos mudar drasticamente os nossos hábitos bucais. As “regras” para o cuidado com os dentes que aprendemos no começo da vida não devem ser deixadas de lado, mas, além delas, a odontologia para idosos tem especificidades voltadas para os desgastes e sensibilidades causados com o tempo.

Odontogeriatria: qualidade de vida na ‘melhor idade’

A saúde bucal do idoso deve ter atenção por diversos motivos. Cuidar dos dentes significa contribuir para a saúde de todo o corpo. Afinal, a boa digestão dos alimentos e a absorção de vitaminas e nutrientes começa por uma boa mastigação. Além disso, o acompanhamento de um especialista em odontogeriatria auxilia na manutenção de um sorriso bonito e, consequentemente, no bem-estar e na autoestima.

A rotina de consultas com um dentista para idosos e a adoção de cuidados diários formam a união perfeita para manter em dia a saúde bucal na terceira idade.

O que é odontogeriatria?

Cada fase da vida apresenta particularidades que devem ser consideradas antes do acompanhamento do dentista. Na terceira idade, quem cuida da saúde bucal do idoso é o especialista em odontogeriatria, que é o profissional que estuda fenômenos bucais decorrentes do envelhecimento. Ele atua de acordo com os efeitos desses fenômenos não só nos dentes, mas em toda a estrutura bucal.

O dentista especialista em odontogeriatria está preparado para realizar o atendimento odontológico ao idoso de forma direcionada, promovendo a saúde, apresentando diagnósticos e aplicando medidas preventivas para as principais doenças bucais existentes nessa fase da vida.

O dentista para idosos também está apto a tratar essas doenças, caso ocorram, com métodos ideais para as sensibilidades comuns da idade.

Atendimento odontológico ao idoso

O atendimento odontológico ao idoso deve levar em consideração as principais alterações que costumam acontecer na cavidade bucal, para atuar de forma preventiva e direcionada, promovendo a saúde bucal na terceira idade.

Erosões e cáries dentárias, halitose, alterações gengivais e boca seca associada ao uso constante de medicações são algumas das queixas mais comuns. Além delas, é comum que, na visita ao dentista para idosos, as pessoas reclamem de dificuldade para mastigação e deglutição e, consequentemente, dificuldade de higienização dos dentes, que leva, em alguns casos, à necessidade do uso de prótese.

A perda dentária é um dos problemas mais comuns na saúde bucal do idoso. Trata-se de um processo natural e que impacta negativamente na fala, na deglutição e na mastigação. Para diminuir o impacto da perda dentária, o especialista em odontogeriatria pode prescrever dietas pastosas.

Além das doenças dentárias mais comuns e de tratamento simples, existe uma associação entre a ocorrência de casos de câncer bucal e a terceira idade. Por isso, o autoexame deve ser feito como rotina. O acompanhamento do especialista em odontogeriatria também deve analisar possíveis sintomas e orientar o paciente para a higienização de próteses da maneira correta.

Dentista domiciliar para idosos

Entre as demandas específicas que o especialista em odontogeriatria deve considerar, está a dificuldade de locomoção e, em alguns casos, a necessidade da realização de atendimento odontológico domiciliar. Essa medida é um desafio para os profissionais da saúde bucal do idoso, que não encontram todo o aparato para a realização de consultas como em um consultório odontológico.

Entretanto, o conforto do paciente deve vir em primeiro lugar: mulheres e homens que são impossibilitados de visitar o consultório não devem deixar a saúde bucal de lado.

A consulta do dentista domiciliar para idosos deve ser feita assegurando os direitos previstos na Política Nacional de Saúde do Idoso. Nesse caso, é recomendado que o profissional de odontogeriatria conheça o histórico do paciente; assim ele terá mais condições de atendê-lo de forma direcionada e preventiva.

Saúde bucal do idoso: principais cuidados

Não é só através de consultas com o especialista em odontogeriatria que se faz a saúde bucal do idoso. Existe uma série de cuidados diários que devem ser aplicados para promover o cuidado com os dentes na terceira idade, observando a necessidade ou não de acompanhamento e ajuda de familiares ou cuidadores para que eles sejam realizados.

  • Higiene bucal: a escovação diária e o uso de fio dental após as refeições segue sendo essencial para a saúde bucal do idoso, optando sempre pelo uso de creme dental com flúor.
  • Prótese dentária: os cuidados com a higiene da prótese devem ser iguais aos cuidados com os dentes permanentes, mas é importante levar em consideração as peculiaridades de próteses fixas, removíveis, totais ou parciais. Além da higienização, é importante observar alterações e fazer a avaliação com o dentista para idosos de forma rotineira.
  • Saburra lingual: a presença dessa placa esbranquiçada no dorso da língua é mais comum na terceira idade, mas a remoção é simples. Basta limpar a língua diariamente; pode ser com a própria escova durante a escovação, com raspadores de língua e até mesmo com uma gaze úmida.
  • Perda de saliva: uma queixa comum nas visitas ao dentista para idosos, a “boca seca” tem diversas causas, desde o uso de medicações até a falta de ingestão de líquidos. É recomendado o estímulo à mastigação com gomas de mascar, o aumento do consumo de água e, em casos mais graves, o uso de saliva artificial. Em todos os casos, o aconselhamento médico é indicado.
Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×
Obrigado! Sua opinião nos ajuda a fazer conteúdos cada vez melhores.

Comentários

error: © Copyright Unimed-BH 2021