Plano de saúde para recém-nascido: como escolher e quando contratar?

Unimed-BH

30/11/2021

Neste artigo, você encontra tudo o que precisa saber sobre a inclusão do seu bebê no plano de saúde.

3 min de leitura

Plano de saúde para recém-nascido: como escolher e quando contratar?

Quando uma nova vida vem ao mundo, é natural que os pais queiram contar com a assistência à saúde desde os seus primeiros dias de vida. Por isso, o plano de saúde para recém-nascido é fundamental.

Ele fornece uma segurança maior para que o seu bebê esteja protegido e com os cuidados médicos garantidos, sempre que precisar!

Mas quando o assunto é a cobertura do plano de saúde para recém-nascidos, há algumas questões que você precisa saber.

Por exemplo, você sabia que há uma lei que garante que o bebê seja incluído no plano dos pais, ou responsável legal, por 30 dias a partir da data de nascimento? Descubra tudo sobre o assunto e qual o procedimento para garantir os cuidados com a saúde do neném.

Plano de saúde para recém-nascido: tudo o que você precisa saber

A Lei 9656/98 assegura que o recém-nascido seja beneficiado pelo plano de saúde dos pais ou responsável legal com até 30 dias de vida.

Antes, era preciso que os titulares tivessem o plano de saúde ativo há pelo menos 180 dias para que a criança tivesse esse direito.

Mas uma mudança na regra de inclusão do recém-nascido no plano de saúde, agora, garante a cobertura do bebê nos 30 dias a partir do nascimento, independentemente do tempo de plano e período de carência.

Após este período, no entanto, é necessário optar pelo plano de saúde para recém-nascido de forma definitiva, como dependente ou titular.

1. Qual a importância do convênio médico para recém-nascidos?

Com o plano de saúde, o seu bebê tem acesso a todos os benefícios oferecidos pela operadora de saúde, inclusive, os exames e vacinas necessários no início da vida.

2. Quando devo contratar?

É preciso solicitar a inclusão do recém-nascido no plano de saúde o quanto antes, para que ele tenha o direito garantido à assistência médica em seus primeiros 30 dias de vida.

Com isso, ele está isento do período de carências, independentemente do tempo que os pais ou responsável legal tenham contratado o plano de saúde.

Mas para além do primeiro mês de vida da criança, também é importante garantir a inclusão definitiva no plano de saúde, seja como dependente ou como titular.

3. Principais serviços médicos que o recém-nascido precisa

Os primeiros dias de vida são cruciais para a saúde do neném. Neste período, são realizados vários exames para identificar possíveis problemas de saúde que devem ser tratados rapidamente para garantir o bem-estar do pequeno ao longo da vida. São eles:

  • Teste do pezinho
  • Teste da orelhinha
  • Teste do olhinho
  • Teste do coraçãozinho
  • Teste da linguinha

Além disso, o recém-nascido deve receber as vacinas obrigatórias para produzir os anticorpos necessários que o protegerão de doenças ao longo da vida. Por exemplo, as primeiras doses das vacinas contra a hepatite B e a tuberculose.

Por isso, é essencial manter a Caderneta de Saúde da Criança e a vacinação infantil em dia. O convênio médico para recém-nascido também garante o acesso às consultas periódicas e o acompanhamento médico do desenvolvimento do seu bebê.

4. Inclusão de recém-nascido no plano de saúde: como funciona?

É possível solicitar o plano de saúde para bebê por meio do Espaço do Cliente Unimed-BH ou no RH da empresa – no caso de planos empresariais. Desta forma, o seu mais novo grande amor estará protegido e com os cuidados à saúde garantidos.

5. Quanto custa um plano de saúde para um recém-nascido?

O valor da mensalidade da cobertura à saúde depende do plano contratado e se o recém-nascido será incluído como dependente ou titular. Para informações sobre condições e valores, entre em contato com a Unimed-BH pelo telefone: 4020-4020.

Plano de saúde para bebê: como escolher o ideal?

A Unimed-BH conta com várias opções de planos de saúde. É preciso avaliar qual delas é a melhor para você e sua família.

É possível incluir filhos adotivos ou biológicos e enteados como dependentes do plano de saúde, ou mesmo contratar um plano exclusivo para eles.

Já no plano de saúde empresarial, a decisão da inclusão de dependentes é da empresa, por isso, é necessário verificar no setor de recursos humanos se há esta opção.

A Unimed-BH também oferece um plano de saúde para MEI, onde é possível fazer a inclusão do seu bebê como dependente.

Unimed para recém-nascidos

É importante que o recém-nascido seja vinculado ao plano de saúde antes de completar 30 dias de vida. Desta forma, ele estará isento de carências. Passado este período, os pais ou responsável legal podem solicitar a inclusão definitiva do RN no plano de saúde.

Diferenciais da Unimed-BH: estrutura, cooperados, exames e muito mais

O bebê que pode contar com os cuidados da Unimed-BH desde os seus primeiros dias de vida têm acesso a uma série de benefícios e serviços.

Além disso, o pequeno beneficiário poderá contar com toda a estrutura da rede própria e credenciada da Unimed-BH, de acordo com o seu plano de saúde, incluindo maternidade, rede hospitalar, atendimento de urgência e emergência 24 horas por dia, laboratórios próprios, mais de 5 mil médicos cooperados e a garantia de um atendimento de qualidade.

Além do plano de saúde, é importante preparar a casa para a chegada do novo membro da família. Saiba mais sobre este assunto no artigo > Cuidados com bebê recém-nascido: atenção aos ambientes da sua casa.

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×

Comentários