O que está por trás do aumento de quadros respiratórios?

Prevenção e Controle

10/01/2022

Gripe, Influenza, Covid-19, flurona… Entenda porque esses termos têm se tornado tão populares e qual o motivo da alta de doenças e quadros respiratórios.

4 min de leitura

O que está por trás do aumento de quadros respiratórios?

A alta no número de quadros respiratórios entre o fim de 2021 e o início deste ano acende um alerta sobre a importância da prevenção à gripe e, claro, sobre a manutenção dos cuidados preventivos à Covid-19.

O aumento de casos, conforme alerta a Secretaria de Saúde de Minas Gerais, se deve à circulação de diferentes tipos de vírus da gripe, além das variantes da Covid-19.

Alguns estados brasileiros, inclusive, já detectaram contaminações duplas, denominada de “flurona“. Ou seja, quando a pessoa está com gripe e com Covid-19 simultaneamente.

Neste contexto, vale lembrar: é fundamental tomar a vacina da gripe, tanto como se vacinar contra o coronavírus, incluindo a dose de reforço quando chegar a sua hora.

O que é Influenza?

Trata-se de uma doença contagiosa, também conhecida como gripe, que acomete as vias respiratórias. Ela é causada por vírus Influenza e, geralmente, o quadro clínico tem duração de 7 a 10 dias.

É uma das chamadas doenças de inverno mais comuns, mas que circula em todas as épocas do ano, inclusive neste momento de pleno verão no Brasil.

O vírus H3N2

É uma das variantes do vírus Influenza A, um dos principais responsáveis pelas gripes.

Esse vírus pode causar quadros respiratórios graves em idosos, crianças e pessoas com comorbidades.

De um modo geral, seus sintomas são aqueles característicos das gripes comuns.

Quais os sintomas da gripe?

Os sintomas de gripe, incluindo aqueles provocados pelo H3N2, podem ser parecidos com os de Covid-19, tais como:

  • Tosse seca;
  • Febre;
  • Coriza;
  • Mal-estar;
  • Dor de garganta.

Os sintomas podem variar, inclusive, em intensidade. Algumas pessoas também sentem dores musculares, articulares e de cabeça quando estão gripadas. Em casos mais graves, a gripe ainda pode causar vômito e diarreia.

Como é feito o diagnóstico e diferenciação das doenças?

Por terem sintomas muito parecidos, muitas vezes é difícil confirmar a doença exata apenas com o diagnóstico clínico, sem o auxílio de um exame laboratorial. Por isso é importante acompanhar a evolução dos sintomas e, se houver piora, buscar um médico, que poderá elaborar o diagnóstico correto.

Prevenção: 6 dicas de proteção

Ninguém gosta dos desconfortos causados pelas doenças respiratórias e nesse contexto de ainda pandemia, é ainda mais necessário se prevenir para não contrair a doença, ter quadros graves ou contribuir para sua transmissão. Veja algumas dicas sobre como se prevenir:

1. Vacinar-se anualmente

Essa é a dica de ouro. A melhor forma de prevenir a Covid-19 e a gripe é se vacinar conforme o calendário de vacinação. Se a sua hora chegar, não perca tempo: vacine-se!

A vacina da Covid-19 é extremamente importante para ajudar a conter a pandemia, diminuindo incidência de casos e quadros graves. A vacina da gripe, especialmente nesse contexto, é o que vai ajudar a reduzir o número e a gravidade de quadros. Faça a sua parte!

2. Manter os cuidados de higiene

Neste caso, os cuidados preventivos da Covid-19 que você já conhece também ajudam a se proteger da gripe. Higienize as mãos com frequência e, em caso de surgimento de sintomas, mantenha-se isolado e evite compartilhar objetos.

3. Uso de máscaras

A experiência com a Covid-19 mostrou o quanto é importante o uso contínuo de máscaras, tanto para proteção individual quanto para proteção dos que nos circundam.

Os vírus respiratórios são transmitidos por pequenas partículas que atingem outras pessoas quando falamos ou tossimos e espirramos. A máscara dificulta a difusão dessas partículas.

4. Evitar ambientes fechados

Uma dica para evitar o contágio de doenças respiratórias é manter os ambientes que frequenta arejados e com uma boa circulação de ar. Ambientes fechados facilitam a transmissão de vírus.

5. Manter uma rotina saudável

Mantenha-se saudável o ano todo! Procure hidratar-se corretamente, adotar uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas regularmente.

Além de ajudar a evitar várias doenças, a adoção de hábitos saudáveis também leva a mais qualidade de vida e bem-estar. Aproveite e veja como driblar a baixa imunidade: Dicas para aumentar o sistema de defesa do seu organismo.

6. Evitar o contato com pessoas contaminadas

Procure manter distância de pessoas que apresentam sintomas gripais, já que eles podem indicar a infecção pela gripe ou Covid-19 – doenças contagiosas e de fácil transmissão. Aliás, em tempos de Covid-19, o ideal é evitar aglomerações.

O que fazer em caso de suspeita desses quadros respiratórios?

Está com sintomas de gripe? Saiba como obter atendimento até para o mesmo dia sem nem precisar sair de casa.

Consulta on-line 24h

A teleconsulta é segura e prática, funciona 24h por dia e 7 dias por semana. Você pode receber solicitação de exames, receitas e se necessário será direcionado para um especialista. Acesse: unimedbh.com.br/conectasaude.

Lembre-se: o pronto-atendimento é indicado para urgência ou emergência. Para outros casos, agende sua consulta e seja atendido com hora marcada!

Veja alguns casos em que o pronto-atendimento presencial é indicado:

setinha Falta de ar;

setinha Vômito ou diarreia recorrentes;

setinha Febre por mais de três dias;

setinha Dores fortes na cabeça, no abdômen ou no tórax.

Além disso, vale saber que a Unimed-BH também disponibiliza a consulta online também sem necessidade de horário agendado e você pode realizar acessando o aplicativo.

Para saber mais sobre como se proteger e identificar doenças virais e alergias respiratórias, acesse os conteúdos que preparamos para você:

Unimed-BH
Unimed-BH
Somos a melhor entre as maiores operadoras de saúde do Brasil, estamos presentes na vida de mais de 1,2 milhão de pessoas e temos um compromisso com nossos clientes e a sociedade: disponibilizar informações de saúde confiáveis, completas e de alta qualidade, para que você se cuide melhor todos os dias.
Esse conteúdo foi útil para você?
Sim Não
×

Comentários